Boletim Seridoense - Cultura, política e comportamento. Colaboracoes sao benvindas. e-mail: dedeabel@msn.com


15/08/2007


Festa em Macau

15/08/2007

Virgem dos Navegantes

A cidade salineira de Macau e Areia Branca vivem dia de feriado hoje.

Logo mais haverá a procissão marítima e terrestre nessas duas cidades litorâneas.

O blog, que não é nada curioso, ficou sabendo do desfile de políticos na duas cidades.

Em Macau o Prefeito Eduardo Lemos deverá comparecer com a primeira dama Kledina Chianca.
José Antônio de Menezes, melhor prefeito de Macau até hoje, já confirmou presença com a querida Terezinha Menezes... Aquilo sim era primeira-dama..

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 21h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Festa em Macau

Festa de Nossa Senhora dos Navegantes

Como prometido és aqui pagando minha "promessa" e levando até os fieis da NET, a tradicional festa de Nossa Senhora dos Navegantes de Macau, padroeira dos marítimos. E o que me chamo a atenção (apesar da pouca gente), como Nossa Senhora consegue leva "tanta” gente as ruas e a beira do mar, velhos, crianças, jovens, homens e mulheres juntos, alias, ligados por uma fé que os movem capazes de “lutarem” por um lado de Nossa Senhora, mas lutarem uma batalha de fé, isso no melhor sentido da palavra é claro, simplesmente para toca-la. Mas hoje fui capaz de ver que Nossa Senhora chama até ela pessoas “ateu”, alias uma pessoa, pois Nossa Senhora é “cultura”, acho que vocês me entendem não é?  O que quero dizer que além da fé tem os traços culturais, algo que falarei mas adiante. Mas deixemos de papo, e vejam como Nossa Senhora dos Navegantes estava bonita em seu dia.

 

FOTOS FORAM ENVIADAS POR CELSO HENRIQUE



Escrito por O Salineiro às 20h36

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 21h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Jornal de Fato:

Regata

Petrobras
Conversando com a linda e inteligente Neuma Silva, da gerência de comunicação da Petrobras, ficamos sabendo de algumas novidades que estão sendo preparadas para a Festa do Sal, no início de setembro, e sobre a regata de Diogo Lopes. E o aniversário do Porto de Ama também tem muitas surpresas para os macauenses. Como sempre, a empresa vem com grandes novidades. Volto!

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 20h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

samuelnariojunior.zip.net

FILOSOFIA DAS ESTRADAS

 

ACARI – RN

BSJ-2007

 

 

Lutar, sempre. Vencer, talvez. Desistir, jamais.

Escrito por dedeabel às 20h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Quando será?

Woden Madruga, Tribuna do Norte

Reforma política

Estava previsto para a noite de ontem em Brasília de que os líderes dos partidos aliados do governo se reuniriam com suas bancadas na tentativa de salvar a quase finada reforma política.

Vão se concentrar em três questões: Fidelidade partidária; financiamento de campanha e voto distrital. Debulhando, ficaria assim:

Na questão fidelidade, quem se eleger por um partido e aderir a outra legenda perderá o mandato.  O financiamento de campanha poderá ser exclusivamente públicom mas podendo permitir a mistura dos dois dinheiros: o da viúva com o privado. Epa! Voto distrital: a proposta é para que possa ser adotados somente a partir das eleições  de 2010. Seria um sistema misto.

Categoria: Politica
Escrito por dedeabel às 20h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Fonte: Marcos Dantas
Nelter Queiroz quer assediar base de Vivaldo Costa

Se o deputado estadual Vivaldo Costa (PR) não "se ligar", como diz a gíria popular, pode chegar em Jardim do Seridó e encontrar poucos aliados. Comenta-se nos meios políticos, que o deputado estadual Nelter Queiroz, recém-chegado ao sistema da governadora, está fazendo pesadas investidas em aliados do Papa-Jerimum. Pelo menos de um aliado, vi o seguinte relato: "é difícil falar com Vivaldo, temos que driblar uns 10 assessores. Enquanto que Nelter, até ligação a cobrar ele atende". Vixe Maria...

Por Marcos Dantas

Escrito por dedeabel às 20h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Chiclete com Banana

Angeli

Escrito por dedeabel às 10h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Aeroporto de Sao Gonçalo

YouTube.

Wilma de Faria (PSB) entrou na luta para que o governo conclua o aeroporto de cargas de São Gonçalo do Amarante. Um grupo enviado pela governadora do Rio Grande do Norte à Casa Civil na semana passada chegou a levar a tiracolo um vídeo em que a ministra Dilma Rousseff promete terminar a obra.

Folha de SP

Nosso Rio Grande precisa deste aeroporto. A refinaria nao veio. O polo gas sal nao desenvolveu o esperado. Precisamos do aeroporto de Sao Gonçalo para compensar.

Categoria: Engenharia
Escrito por dedeabel às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Situaçao e oposiçao precisam negociar. A oposiçao alega que o PT obstruiu muitas negociaçoes no passado. Agora sofre o mesmo problema. Quem perde somos nós. O antigo PFL, hoje DEM, junto com o PSDB fazem uma oposiçao burra. Perde o País que nao tem vergonha política. Os projetos nao andam. Prospera a corrupçao e uma guerra surda e burra. Enquanto isso, a China fatura...

Escrito por dedeabel às 09h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

14/08/2007


Sumário do Blog

A visita de Vicentinho, o nordestino que venceu. Foi para o Sul maravilha, militou na esquerda, nos sindicatos, na CUT. Exemplo a ser seguido. Nao esqueceu suas origens. Mostra que é um nordestino autentico. Joao Maia, Fatima Bezerra e Vicentinho, unidos, em evento em Acari. Eis que o sertão fica feliz com a presença dessas figuras.

Chiclete com Banana

Angeli

Em Macau, o prefeito Flavio Veras está ameaçado de ser cassado pela terceira vez. Puxa vida, como é dificil entender este Brasil.

Em Sao Paulo, menina de 4 anos foi morta por caes. A mãe nao culpa ninguem. Acha que foi fatalidade. Em Caico houve um incidente, felizmente sem vitimas, a nao ser os caes que foram abatidos.

CPMF, o dinheiro vai para a Saúde, Bolsa Familia e Previdencia. Pena que haja muita corrupçao e os recursos nao chegam para quem merece.

Eliana Lima publica no Jornal de Hoje que existe uma situaçao preocupante quanto ao mandato da senadora Rosalba Ciarlini.

 

 

 

Escrito por dedeabel às 16h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Vicentinho

Vicentinho: fragmentos da sua fala

“Eu e João Maia temos uma convivência política muito bonita na Câmara”

 

“Eu e Fátima Bezerra sonhamos juntos”

 

“Foi em Caicó, quando eu participava de um encontro com o sindicato dos trabalhadores rurais, que recebi um telefonema de uma repórter da TV Globo, do Bom Dia Brasil, dizendo que eu tinha passado no vestibular”

 

“Eu sempre ouvi a Rádio Rural de Caicó”

 

“Eu venho a Acari para fortalecer minhas baterias. Quando fui ameaçado de morte, foi daqui de Acari, dos grupos de oração, que recebi mais força e apoio”.

 

www.suerdamedeiros.zip.net

Categoria: Serido
Escrito por dedeabel às 16h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

De novo

Macau    14 de Agosto de 2007    13:16

Flávio Veras pode ser cassado novamente essa semana pelo TSE

Pode vir mais cassação por aí. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pode julgar nesta quinta-feira (16), o mandado de segurança formulado pelo prefeito de Macau, Flávio Veras (PP), que pretende suspender a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TER/RN) que cassou seu mandato em junho passado. E o vice-procurador geral eleitoral, Francisco Xavier Pinheiro Filho, decidiu ser contra o deferimento do mandado requerido por Flávio Veras.

No parecer que foi publicado no último dia 3/08, o vice-procurador geral eleitoral aponta que Flávio Veras já apresentou recurso contra a decisão do TRE e que, neste caso, não caberia o mandado de segurança. Caso o plenário do TSE acolher o mandado de Flávio Veras, o pepista permanece na Prefeitura de Macau. Mas, se o TSE decidir por outro caminho, o empresário será afastado e o médico Eduardo Lemos (PSB),aliado da governadora Wilma de Faria assume a Prefeitura da Cidade do Sal.

www.marcosdantas.com

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 16h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Nick Ut - 9.mai.2006/Associated Press
Funcionária da feira norte-americana de videogames E3 (ao centro) prepara cenário para o evento

Escrito por dedeabel às 16h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

REGRA: LEI ESTADUAL DETERMINA O USO DE COLEIRA E ENFORCADOR EM CÃES
A condução de cães da raça pit bull e rottweiler, entre outras, em vias públicas no Estado de SP, é permitida apenas com a utilização de coleira, guia de condução de no máximo 2 m de comprimento e enforcador. As determinações constam do decreto nº 48.533 de 2004, que regulamenta a lei nº 11.531 de 2003 e estabelece regras para a condução de cães. Em locais onde há concentração de pessoas, é exigido o uso da focinheira. Segundo a lei, "os proprietários de cães deverão mantê-los em condições adequadas que impossibilitem a evasão". Há multa em caso de infração às regras.

Escrito por dedeabel às 16h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perigo

Menina de 4 anos é morta por 2 pit bulls

Renato Boulos
Pai de Tainá mostra o local em que garota foi atacada pelos cães


Tainá Figueiredo dos Santos morreu às 3h de ontem, após ser atacada, no domingo, pelos cães de uma vizinha, em Ubatuba

A dona dos cachorros tinha convidado a menina para almoçar mas, segundo relato da família de Tainá, esqueceu de prendê-los

FÁBIO AMATO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Uma menina de quatro anos morreu ontem, em Ubatuba (224 km de São Paulo), após ser atacada, no domingo, por dois pit bulls de uma vizinha.
A dona dos cães, de 71 anos, está sendo investigada sob suspeita de omissão de cautela na guarda de animais, delito da Lei das Contravenções Penais que prevê prisão de dez dias a dois meses, ou multa.
O ataque foi por volta das 12h20 de domingo. A dona dos cães, identificada apenas como Cleusa, havia convidado a menina Tainá Figueiredo dos Santos para almoçar.
Segundo a família de Tainá, Cleusa se esqueceu de prender os pit bulls, que avançaram sobre a criança logo que ela entrou na casa.
"As duas [Cleusa e Tainá] eram muito amigas, gostavam muito uma da outra, tanto que se tratavam como netinha e avozinha", contou ontem a mãe de Tainá, a faxineira Elizabeth Figueiredo de Souza, 36.
"Apesar de serem muito ligadas, a Tainá nunca tinha entrado na casa da dona Cleusa, justamente porque a gente tinha medo dos pit bulls. Mas dessa vez ela insistiu para que a minha filha fizesse companhia para ela no almoço. Eu e meu marido acabamos deixando", afirmou a mãe da menina.
Tainá foi socorrida por vizinhos, que conseguiram afastar os cães e levar a menina ainda viva para a Santa Casa de Ubatuba. A menina sofreu duas paradas cardíacas e morreu por volta das 3h de ontem.
O diretor técnico do hospital, Marcus Alexandre de Souza, disse que Tainá tinha ferimentos graves na cabeça e perdeu parte do couro cabeludo. Ela foi operada para conter sangramentos e reconstruir a coxa esquerda e uma das orelhas.
"Tainá deixou a sala de cirurgia consciente e chegou a conversar com o pai, mas teve uma crise convulsiva de repente e uma parada cardíaca. Foi reanimada, mas sofreu nova parada cardíaca pouco depois. Então, não voltou mais", disse Souza.
A reportagem não conseguiu localizar ontem a dona dos dois pit bulls.
A mãe de Tainá disse que não responsabiliza a vizinha pela morte da filha. "Foi irresponsabilidade dela, mas não acho que ela é culpada pela morte da minha filha. Foi uma fatalidade."

Escrito por dedeabel às 16h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Painel

RENATA LO PRETE
- painel@uol.com.br

Força total

Gilberto Kassab (DEM), que no Datafolha demonstrou ser competitivo contra Marta Suplicy (PT) e capaz de criar embaraço ao líder Geraldo Alckmin (PSDB), dispõe de pelo menos R$ 1 bi em caixa para investir nos próximos meses, período em que será definido o grid da sucessão paulistana. Embora não pretenda anunciar tão cedo se vai concorrer, o prefeito tem pela frente um cronograma de inaugurações de fazer inveja a qualquer candidato: pelo menos 60 novas AMAs (postos de saúde incrementados concebidos ainda no período de José Serra), 41 BECs (centros esportivos) e 23 CEUs (os escolões de Marta).
Para conquistar o eleitorado da ex-prefeita, Kassab manteve vários de seus projetos em andamento, mas cuidou de enfraquecer o peso das marcas petistas.

Bordão 1. Os deputados mais afinados com o Planalto chegam hoje a Brasília defendendo o "caráter social" da CPMF: dos quase R$ 40 bi anuais, repetem os líderes,

"R$ 15 bi vão para a saúde,

R$ 7,5 bi para o Bolsa Família e

R$ 6 bi para a Previdência".



Bordão 2. Contra os que defendem a desoneração via CPMF, os governistas mais fiéis dizem que isso é assunto para a reforma tributária, que seria enviada ao Congresso até o final de setembro. A redução dos encargos se daria na folha de pagamento.

Escrito por dedeabel às 16h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Será?

Frase

"Vamos mudar o bico do tucano e botar um de sabiá, porque o que nós precisamos é cantar os nossos feitos"


FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (PSDB)
ex-presidente da República

O PSDB era o partido que ficava 'em cima do muro'? Ou seja, nao sabe se vai, se fica... Parece com o Brasil.  

Categoria: Politica
Escrito por dedeabel às 16h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Um doce para quem advinhar o significado desta charge. É o Estado guiado por nossos bons políticos? A força da caneta dos que estão no poder? Quem se habilita? Quem pode barganhar mais? As empresas, os Bancos, o Governo? 

Escrito por dedeabel às 16h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Petardo

De Brasília, a Abelhinha Democrata diz que a situação da senadora Rosalba Ciarlini é mesmo preocupante.

Vê com temor o pedido de vistas do ministro Carlos Alberto Direito ao processo por abuso de poder econômico, quando o placar apontava 3 contra e 2 a favor da perda do mandato de Rosalba.

Observando que o ministro - que é advogado - foi indicação única e exclusiva do presidente Lula.


Jornal de Hoje, Eliana Lima

Escrito por dedeabel às 15h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pecados

Dos pecados perdidos

O filósofo Fernando Savater deve ter alguma razão quando diz que o Diabo é um gerente de marketing capaz de vender os vícios como se fossem virtudes. O homem viveu dois mil anos com medo dos pecados capitais quando eram as sete portas do inferno. Hoje andam tão fracos, se é que ainda são pecados, que outros são os medos e até o pobre Diabo perdeu seu veneno. O que poderia haver de tão perigoso assim na ira, luxúria, gula, inveja, soberba, avareza e preguiça?

Jornal de Hoje, por Vicente Serejo.

Escrito por dedeabel às 15h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13/08/2007


Advogados pedem revogação de prisão do prefeito afastado Defesa toma como base a conclusão do inquérito realizado pela Deicor, que afasta a possibilidade de Disson ter participação no atentado ao cunhado Ernani Júnior Os advogados do prefeito afastado de Goianinha, Rudson Raimundo Honório Lisboa, entraram, hoje pela manhã, com o pedido de revogação de prisão de Disson, que se entregou espontaneamente no último sábado e encontra-se na carceragem do Quartel do Comando da Polícia Militar. Disson tinha um mandado de prisão decretado pelo juiz da 9ª Vara Criminal, Kennedy Braga, acusado de ser o mandante pela tentativa de homicídio ao cunhado Ernani Júnior, dois dias após o empresário o denunciar ao Ministério Público por irregularidades na administração do município.

Escrito por dedeabel às 21h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Estrada afasta palestinos de Jerusalém

Rodovia em construção por Israel, com pistas separadas para israelenses e palestinos, dificulta acesso de árabes à cidade

Segundo críticos, via servirá para consolidar controle de áreas na Cisjordânia, a leste de Jerusalém; Israel diz que visa segurança de cidadãos

Rina Castelnuevo/The New York Times
Homem caminha na estrada que Israel constrói em torno de Jerusalém Oriental; via tem dois pares de pistas, separados por muro

STEVEN ERLANGER
DO NEW YORK TIMES, EM JERUSALÉM

Israel está construindo uma estrada através da Cisjordânia, ao leste de Jerusalém, que permitirá que tanto israelenses quanto palestinos viagem por ela -separadamente.
Há dois pares de pistas, um para cada população, separados por um muro de concreto que imita as pedras de Jerusalém, em um esforço de embelezamento que indica que a estrada deve ser permanente. O lado israelense conta com muitas saídas; o palestino, com poucas.
O objetivo da estrada, segundo os que a planejaram no governo do ex-premiê Ariel Sharon [2001-2006], é permitir a Israel a construção de mais assentamentos ao redor de Jerusalém Oriental, separando a cidade da Cisjordânia, mas permitindo aos palestinos viajarem entre o norte e o sul através de terras controladas pelos israelenses.

Escrito por dedeabel às 16h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Neuras

Sexo & Saúde

Jairo Bouer -
jbouer@uol.com.br

Pelado no exército

"Tenho 17 e neste fim de semana vou viajar com meu namorado. Sei que vou estar menstruada. Ele me disse que quer transar assim mesmo. Existe risco de engravidar?

"Tenho 18 e já fiz sexo com vários rapazes, nem sempre com camisinha. Agora estou namorando e, outro dia, estava transando e ele disse: "Que cheiro ruim é esse?" Fiquei nervosa e disse que era a camisinha. O que faço?"

"Tenho 18, sou homossexual não assumido e estou preocupado porque vou fazer o exame médico do Exército, onde terei que ficar pelado como todos. Há algum remédio para que eu não fique excitado e não seja descoberto?"

QUESTÕES APARENTEMENTE simples da sexualidade ganham uma dimensão muito maior e geram angústias por causa da desinformação.
Primeira: transar durante a menstruação sem proteção não é uma atitude recomendada pelos médicos. Embora o risco de gravidez praticamente não exista (já que nessa fase não há ovulação) e nem condições hormonais que garantam uma gestação, existe o perigo de doenças transmitidas pelo sexo, inclusive Aids.
Portanto, se o casal vai viajar no final de semana e quer transar, eles devem usar camisinha para evitar problemas no futuro, certo?
Segunda: cheiro ruim que sai da vagina pode ser um sinal de uma possível infecção. Em geral, esse cheiro vem acompanhado de um corrimento que causa desconforto, coceira e irritação na região. Essa infecção pode ter relação com o fato de a garota já ter transado sem camisinha. Mas é importante lembrar que nem toda infecção ou corrimento é causado por uma relação sem proteção.
A garota tem que procurar um médico. Só ele pode saber o que está causando esse cheiro e prescrever um tratamento adequado.
Terceira: não é porque alguém é homossexual, assumido ou não, que vai sair por aí tendo ereções toda vez que ficar nu na frente de homens. Em situações como essa, com um certo grau de ansiedade e preocupação, é improvável que alguém tenha uma ereção espontânea.
É lógico que qualquer pessoa (homem ou mulher, homossexual ou heterossexual) que ficar procurando "motivos" para se excitar em locais em que as pessoas estão nuas ou com pouca roupa (piscina, praia, sauna, vestiário de clube, etc), vai encontrar boas razões, ainda mais com 18 anos de idade. Mas, de novo, em uma situação de exposição como a citada na pergunta é difícil que isso aconteça. E remédio para evitar isso não existe!

Escrito por dedeabel às 16h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Apartheid

Rina Castelnuevo/The New York Times
Homem caminha na estrada que Israel constrói em torno de Jerusalém Oriental; via tem dois pares de pistas, separados por muro

Escrito por dedeabel às 16h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Chiclete com Banana

Angeli

Escrito por dedeabel às 16h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Geral

Toda Mídia

Nelson de Sá

Mais dor

Ontem nas manchetes dos sites de "Wall Street Journal" e "Financial Times", respectivamente, "os analistas temem mais problemas nesta semana" e "fundos se preparam para mais dor". Para o primeiro, a expectativa de estatísticas positivas na economia americana não deve influir nos mercados, que têm "um foco só", crédito. No segundo, a barafunda dos "estrategistas quantitativos" dos fundos, os "quants", que não compreendem o comportamento "estranho" (freaky) dos indicadores financeiros durante a última semana, contrário aos seus "modelos matemáticos".

"OPÇÃO NUCLEAR"
A agência Xinhua deu ontem, virou manchete no "China Daily" e ecoou em agências e sites ocidentais, como "FT", que o Banco do Povo da China afirmou que o país é "investidor responsável nos mercados de capitais no exterior" -e vai manter suas posições em dólar. Foi resposta ao "Daily Telegraph", que deu na quarta que o BC chinês ameaçava usar a "opção nuclear" de vender as reservas em dólar.

ONDE GANHAR
O "Washington Post" deu artigo contra os "mitos" sobre a crise. Em suma, "por anos os EUA foram o motor do mundo. Hoje, a economia global está mais que compensando. Brasil, Rússia, Índia e China estão especialmente fortes."
E o "Observer" destacou o que anda fazendo quem costuma ganhar com a crise. Warren Buffett, George Soros e o príncipe Al-Waleed estão com novas posições nos Brics.

PETRODÓLARES

clarin.com


O presidente argentino cobrou de Hugo Chávez, no "Clarín", a demissão do executivo da PDVSA suspeito no "escândalo da valise". E um chavista, depois, reagiu que seu país "não tem que pedir desculpas"

PETRODIPLOMACIA

Os estatais Agência Bolivariana de Notícias, de Chávez, e "Granma", de Fidel Castro, fazem de conta que nada ocorre na Argentina e noticiam mais acordos de petróleo, "eixo da integração regional", diz o venezuelano. Ontem ele prometeu "200 anos de energia ao Caribe", enquanto o cubano "advertiu que os biocombustíveis aumentam o domínio" dos EUA na região. Lá pelo meio, Chávez disse que "não há disputa com Lula sobre o etanol" de cana.
No foco da Reuters,

ALDEIA DA SERRA

Globo/Reprodução


"Fantástico" e "Guardian" foram parar em Aldeia da Serra, onde vivia "Chupeta" ou "Lollipop". No telejornal, "vida de rei no condomínio em São Paulo". No jornal, no texto do correspondente Tom Philips, "aninhada no alto de montes cobertos de eucalipto, a Morada dos Lagos é o lugar perfeito para quem busca privacidade". Aliás, "um grande cartaz na entrada promete tudo o que um rico empresário brasileiro, ou mesmo um traficante fugitivo, sonha: Segurança, Tranqüilidade e Harmonia".

PONTAL DOS CRIOULOS
Em destaque na estatal Agência Brasil, "conflito entre quilombolas e fazendeiros se intensifica no Sergipe", onde "o clima é de tensão" na região "remanescente do quilombo Pontal dos Crioulos". Cobram "ação mais efetiva" da União.

IDENTIDADE ÉTNICA
No Direito à Comunicação e ecoando por outros sites, como Vi o Mundo, a reação dos movimentos quilombolas à Globo pela cobertura "que nega nossa identidade étnica" -com protesto para outubro, ao vencerem "as concessões".

MAIS PAPEL

diplo.uol.com.br


Uma "articulação editorial inédita" acaba de lançar o "Le Monde Diplomatique Brasil", que abre com ataque de Noam Chomsky à mídia, mais Pierre Levy escrevendo sobre a web e Ferréz, sobre a "emergência da cultura das periferias"

Leia as colunas anteriores
@ - Nelson de Sá

Escrito por dedeabel às 16h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Carne Dura, Renan


Escrito por dedeabel às 16h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Divulgação
Projeção de "Wildlife", de Karolina Sobecka, que percorrerá ruas de São Paulo

Escrito por dedeabel às 16h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Musica

música

Maratona Beatles

Banda cover vai tocar todas as músicas do grupo inglês para entrar no Livro dos Recordes

IVAN FINOTTI
EDITOR DO FOLHATEEN

Uma das certezas desta vida é: você nunca irá assistir a um show dos Beatles. Insatisfeitos com tanto rigor, há anos músicos e fãs tentam enganar essa máxima: os primeiros se vestindo como se fossem os quatro rapazes de Liverpool em suas várias fases, dos terninhos às batas; os últimos vibrando nos shows e tentando imaginar como seria se os do palco fossem os originais.
Um desses grupos de músicos, o brasileiro Beatles 4Ever (www.beatles4ever.com.br), se prepara para subir mais um degrau na espiral aparentemente infinita de homenagens a Lennon, McCartney, Harrison e Starr. No dia 8/9, um sábado, os brasileiros vão pisar no palco do teatro Crowne Plaza às 10h da manhã e só sairão de lá às 2h do domingo, após terem tocado todos os discos dos Beatles, na ordem cronológica.
A façanha deve entrar para o Livro Guinness dos Recordes, cujo escritório brasileiro enviará um representante.
"Foi uma briga! Queriam me matar. Aos poucos fui animando os outros", conta o baterista Ricardo "Ringo Starr" Felício, responsável pela idéia e por convencer Marcus Rampazzo (George Harrison), Fabio Colombini (John Lennon), Ricardo Júnior (Paul McCartney) e Edson Yoko (teclados) da viabilidade da idéia.
Para encarar as 16 horas no palco, o quinteto está indo à academia três vezes por semana e prepara, com a ajuda de um nutricionista, o cardápio da maratona.
Para os fãs, vale lembrar que não é preciso assistir aos 15 shows seguidos (confira na próxima página todos os discos do concerto, com comentários do George Harrison nacional). Pode-se escolher quais apresentações acompanhar.


BEATLES 4EVER
NO GUINNESS

Onde: Teatro Crowne Plaza (r. Frei Caneca, 1.360, tel.: 3289-0985)
Quando: das 10h de 8/9 às 2h de 9/9
Quanto: de R$ 30 (um show) a R$ 160 (todos)

Escrito por dedeabel às 16h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Antônio Gaudério/Folha Imagem
O goleiro Felipe festeja o gol da virada do Corinthians sobre o Grêmio, ontem à tarde, no retorno da equipe paulista ao Pacaembu

Escrito por dedeabel às 16h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cinema

ENTREVISTA JOÃO MOREIRA SALLES

Cineasta aborda o fiasco do projeto de conferir ao país relevância no cenário mundial a partir de filme sobre memórias do mordomo que serviu sua família em três décadas


"As ambições do Brasil se tornaram mais medíocres"

O CINEASTA João Moreira Salles, 45, cresceu numa casa na Gávea, onde seu pai, o diplomata e banqueiro Walther Moreira Salles, recebia o jet set das artes, da economia e da política do Brasil e de fora, nos 50 e 60. Entrelaçando suas memórias e as de Santiago, o mordomo da casa, o diretor fez seu quarto filme -"Santiago", um documentário sobre como o tempo passou para o mordomo, a família e o país. (SILVANA ARANTES)

Escrito por dedeabel às 16h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cigarro, não

Promotoria aciona indústria do cigarro

Pedido de indenização, que pode chegar aos bilhões de reais, quer recuperar gastos públicos com doenças ligadas ao fumo

Souza Cruz e Philip Morris Brasil detêm cerca de 80% do mercado no país; nos EUA, ação semelhante resultou em US$ 200 bi

Apu Gomes/Folha Imagem
Fumante em bar de Perdizes, na zona oeste de SP; Promotoria acionou a indústria do cigarro por indenização pelos gastos com saúde


DANIEL BERGAMASCO
DA REPORTAGEM LOCAL

As duas gigantes do mercado de cigarros no Brasil, Souza Cruz e Philip Morris Brasil, são alvo de um pedido de indenização bilionário da Promotoria do Consumidor de São Paulo por prejuízos causados pelo consumo de tabaco.
Em um processo semelhante nos Estados Unidos, quatro empresas se comprometeram, em 1998, a compensar os cofres públicos em cerca de US$ 200 bilhões ao longo de 25 anos.
O principal ponto da ação brasileira, ajuizada na segunda-feira da semana passada, é o pedido para que as empresas recompensem municípios, Estados, União e Distrito Federal pelos gastos no tratamento de doenças causadas ou agravadas pelo cigarro, referentes a um período a ser definido no julgamento da causa.
Os valores também seriam estipulados pelo juiz, mas podem resultar em uma ação bilionária, segundo avaliação da economista Márcia Ferreira Teixeira Pinto, que coordena um estudo da Fundação Oswaldo Cruz sobre o ônus do tabaco sobre hospitais públicos. "Não posso precisar valores por enquanto, mas, se você considerar o que foi gasto nos últimos dez anos, por exemplo, os gastos certamente estão na casa dos vários bilhões."

 

Escrito por dedeabel às 16h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pedido

POR QUE NÃO LIBERAM OS RECURSOS DO TRANSPORTE ESCOLAR E DOS PEQUENOS HOSPITAIS?

Salomao Gurgel

 

Já estamos em pleno mês de agosto. Os donos de carro transportam crianças e jovens dos sítios para as escolas do Estado, desde março, mas, até agora, nada de o Governo do RN liberar um só tostão. Os pobres, coitados, procuram a nós, prefeitos, que não temos dinheiro.  Fazemos o que podemos, até mesmo avalizamos o combustível nos Postos.  Mas estes já não agüentam mais...

 

Outra calamidade. Na gestão do senhor Rui Pereira, secretário de saúde do Rn, foram retiradas quantidades consideráveis de AIHs dos pequenos hospitais dos municípios do Estado, com a promessa de que seríamos compensados com um valor mensal de R$10.000,00 (dez mil reais).  Até hoje, nem dinheiro, nem AIHs (Autorização de Internação Hospitalar). Resultado: um pequeno Hospital, como o de Janduis, está devendo mais de R$90.000,00 (noventa mil reais). São penalizados pequenos fornecedores de alimentos, medicamentos, combustível, material de limpeza, etc.

 

Nas Secretarias de Saúde e de Educação, ninguém é capaz de dar uma informação precisa. As vezes, quando cruzamos com um secretário, ele não sabe nem do que se trata. É o caso de Aldemário, da Saúde. Encontrei-me com ele no Congresso Estadual do PT.  Casualidade, pois nós, prefeitos na somos recebidos nas Secretarias.  Pois bem, o nosso companheiro, secretário, nem sabia que Janduis, como outros 30 municípios, ainda não viu a cor do dinheiro do programa de Hospital de Pequeno Porte.

 

Aliás, se você é do interior, como eu, prefeito, se não quiser morrer de raiva e decepção, é melhor ficar na sua cidade ouvindo pedidos que você não tem condição de atender.  Nas Secretarias, as pessoas não ligam pra você.  Muitas delas ficam cuidando de suas “vendas”, que vão desde biscoitos caseiros a perfumes e roupas... É difícil encontrar alguém que receba os seus “ofícios”.  Aliás, não adianta mesmo que eles recebam, pois as coisas estão pretas no que diz respeito aos atendimentos dos prefeitos...

 

Aqui, no Estado, como no resto do País, as coisas só funcionavam bem, antes de o eleitor colocar o voto na urna, ou melhor de digitar o seu voto....    



Escrito por Salomão Gurgel às 22h29
[
(0) Comente  ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Categoria: Politica
Escrito por dedeabel às 16h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Souza,de Itaja RN

Toni Martins:

 

Souza de Itajá, um ser humano exemplar

 (Por Rubinho Lemos)

Que Ivanaldo Souza, nascido em Assu, terra de poetas, mas filho mesmo de Itajá, nas cercanias, é capaz de transformar um milímetro em latifúndio com uma bola no seu pé esquerdo, todo mundo sabe.

O que pouca gente conhece – e eu me orgulho de fazer parte desta minoria -, é que o maior craque da terra de Cascudo é um caráter diferenciado. Quer ver a face crua da vida, lute com certo tipo de classe e de individuo. Não é discriminação, mas você sairá um sociólogo sem diploma.

Souza, com seu jeito manso, tem a valentia sertaneja guardada como uma peixeira no peito pronto para qualquer provocação. É tímido como um Fabiano, personagem de outro nordestino brilhante, Graciliano Ramos, de Vidas Secas. Não faz lobby de si próprio, nem abusa das gírias típicas de boleiro de terceira categoria.

Jamais foi a uma Copa do Mundo porque em tempo algum dá dinheiro nem adula repórter para sair em jornal, revista ou televisão (...)

Ivanaldo Souza é um cara em extinção. Abusa da simplicidade. Atende todo mundo, dá autógrafo. Visita doente à beira da morte. Sai de casa num domingo para dar entrevista a um jornal comunitário. Conheço perna-de-pau que botaria banca em qualquer das situações acima. Iria, talvez por dinheiro.

Ivanaldo Souza é um ídolo sem holofote. Aliás, detesta bajulador, aproveitador. Aí vira um cangaceiro quando suspeita das más intenções. Conheci Souza há pouco tempo. Muito pouco. Mas nos afinamos porque somos parecidos(...)

Na verdade, pela sua dimensão, é um orgulho que não tem camisa. E um ser humano que o tempo haverá de reconhecer.



Escrito por toni martins às 3h55 PM

Escrito por dedeabel às 16h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Programa Bola Na Rede Vai ao Ar Pela Últimavez

 

O proprietário do programa esportivo Bola Na Rede o famoso Luiz Jurandir, popularmente conhecido como “Carneirinho”, confirmou que realmente será finalizado nesta segunda-feira (13) a última edição do programa, na Rádio Caicó AM.  Ele alegou que é uma decisão pessoal e não sabe se retornará a fazer o programa futuramente.

 

De uma coisa todos nós temos certeza, o programa de hoje a noite vai ser uma verdadeira BOMBA, pois deverá ter muitos, muitos, muitos paredões. Ou ninguém lembra que sexta-feira o bicho pegou.

 

Carneirinho levantou as mãos a cabeça várias vezes com as declarações do Governador do Apagão “Cocobil” a respeito da final do campeonato.

Escrito por dedeabel às 16h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Capa do jornal

Jornal de Hoje, agora com assinatura eletronica.

Escrito por dedeabel às 16h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Ventania

Parelhas registra rajadas de vento acima de 140 km/h

Fenômeno se deve a uma elevação da alta pressão do Atlântico Sul e se prolongará no RN até o mês de outubro

O município de Parelhas deu outra demonstração de que os ventos do mês de agosto estão presentes e cada vez mais fortes. A cidade, localizada no Seridó potiguar, registrou ontem rajadas que atingiram a velocidade de 41 metros por segundo, o que corresponde a 145 km/h, de acordo com o último boletim fornecido pela Emparn.

A estatística equivale a quatro vezes mais do que se notifica e classifica como normal em outras regiões do Estado.
"Isso acontece em Parelhas devido à existência de pequenos canions, que favorecem o aumento da velocidade", explica o meteorologista Gilmar Bristot, ao destacar que o quadro de ventania deve se prolongar até outubro. No entanto, de acordo com o especialista, o que aconteceu no município seridoense não deve se repetir em outras cidades, incluindo a capital potiguar, que nessa época do ano registra ventos com 7 m/s, equivalente a 25 km/h. Um dado que representa um aumento, de agosto a outubro, de 100% no impacto das rajadas.

"A média em outros meses fica em torno de 4 m/s", acrescenta, ao apontar que, em Natal, a velocidade das rajadas tem sido percebida mais facilmente por quem reside nos andares mais altos dos edíficos.

De acordo com Bristot, contudo, o natalense não precisa temer ventanias mais fortes nos próximos dias. Segundo ele, a velocidade é causada por uma elevação na chamada "alta pressão" do Atlântico Sul, pressionando os ventos de sudeste, que sopram com mais intensidade. "Esse é o principal fator que altera o clima na Região Nordeste", analisa o meteorologista da Emparn.

Nos dados do órgão, nos próximos dias, no entanto, as rajadas mais fortes deverão ser acompanhadas de chuvas, principalmente durante a madrugada, o que vai deixar a temperatura mínima em 20ºC e a máxima em 28º. Uma realidade que se estenderá até o fim de agosto. "A umidade do ar também deve ficar em 85%", conclui Gilmar Bristot. A Defesa Civil Estadual também confirmou que não recebeu qualquer sinal de alerta relacionado a estragos provocados pelas ventanias, tanto no interior como na capital potiguar.

Repórter: Redação -Diario de Natal

Escrito por dedeabel às 16h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Mate a charada

Charada, no programa Djalma Mota, Radio Rural:

Confusao de galo sem cauda (3-2)

 SURURU           SURU

Escrito por dedeabel às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Oliveira Wanderley:

 

Renan fustiga desafetos,

entre eles José  Agripino

 

Nota publicada na coluna Painel, da Folha de S.Paulo, hoje:

 

Pesos - Aliados de Renan fustigam Romeu Tuma (DEM-SP) após ele declarar que vai apurar denúncia de que o presidente do Senado usou laranjas para comprar uma rádio. Dizem que o corregedor deveria fazer o mesmo em relação às suspeitas lançadas sobre José Agripino (DEM-RN).  

 

Do blog – Como o blog já informou em matéria abaixo, Renan insinuou na semana passada, em plenário, que José Agripino estaria envolvido em negócios de “concessões e financiamentos” estatais. Agripino não se fez de rogado e exigiu que Renan provasse o que estava dizendo. Na última sexta-feira, Renan ligou para Agripino lhe pedindo desculpas. A verdade é que se Renan for defenestrado do cargo de presidente do Senado, ele vai fazer o maior estardalhaço. Não vai se ferrar sozinho.

Categoria: Politica
Escrito por dedeabel às 15h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Planejamento para o Seridó

www.marcosdantas.com

 

Caicó    13 de Agosto de 2007    09:52

Rangel responsabiliza grupos políticos pelo não desenvolvimento do Seridó

Com uma atuação na área de empresas, o pré-candidato a prefeito de Caicó e diretor do Sebrae, José Rangel (PV) responsabilizou os grupos políticos pelo não desenvolvimento da nossa região. Quando perguntado pelos jornalista da Gazeta do Oeste, qual a razão que levou o município de Caicó, um dos mais importantes do Seridó, a perder esse espaço econômico no RN, Rangel foi rápido no gatilho e disparou:

"Nos últimos 30 anos, um dos fatores, na minha opinião, que mais prejudicou o Seridó, foi o de não haver projetos de desenvolvimento nas nossas lideranças, na nossa maneira de fazer política, só projetos de grupos políticos, que só pensavam no fortalecimento do grupo. É tanto que foi feita uma política sempre usando as estruturas da saúde, na maioria das vezes com a doença do povo, se tivesse sido com a saúde, nós teríamos um dos melhores sistemas de saúde, mesmo com a problemática do Brasil. Não tínhamos planejamento para o desenvolvimento de Caicó para o futuro", finalizou.

 

Escrito por dedeabel às 15h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/08/2007


Mundo maravilhoso

Eduardo Batista - 10.ago.07/Folha Imagem O professor José Heleno Ferreira, 42, pensava em adotar um filho, mas, em 2005, acabou adotando três, Letícia, Lucas e Túlio

Escrito por dedeabel às 13h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Chique, nao?

Sei nao. Teria coragem de entrar num treco desses? Bocó como sou, de Jardim de Piranhas...

Renato Stockler/ Folha Imagem

Modelo de cabine individual da Heaven Spas que possui gerador de vapor para sauna úmida

 

Categoria: Engenharia
Escrito por dedeabel às 13h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Andre Penner - 10.ago.07/Associated Press

Operadores de mercado no pregão de sexta-feira da BM&F, em meio às notícias de intervenções e injeções de liquidez de BCs estrangeiros; Brasil ainda não precisou de ação do Banco Central

Nós, que ainda nao aprendemos a investir nas bolsas escapamos dessa. O seguinte, entendi: os americanos tomaram muito dinheiro em emprestimos e supervalorizaram seus imoveis. Eis que um dia a casa cai. E o mercado se ajusta. Os preços dos imoveis puxam o mercado para baixo. A cada uma açao, uma reaçao. Eles colocaram a cotaçao de seus imoveis financiados com preço superfaturado.

As bolsas de valores da Asia sofreram problema semelhante. O Japao até hoje procura absorver os efeitos. Eles supervalorizaram o valor de suas industrias. O mercado reclamou. E houve uma baixa brusca nas bolsas. Até hoje sofrem os efeitos.


Escrito por dedeabel às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

FGTS na construçao civil

Lalo de Almeida - 22nov2003/ Folha Imagem

Teto de renda familiar para financiar imóvel com recursos do FGTS subiu de R$ 3.900 para R$ 4.900 mensais

Um freio a quem quer usar o FGTS na construçao. Mas a construçao civil continua aquecida.

Categoria: Engenharia
Escrito por dedeabel às 13h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Renato Stockler/Folha Imagem

Na Droga Raia, imagens de unidades antigas reforçaram a identificação com os clientes idosos

No Brasil de uma cultura que nao dá o valor que merece a seus idosos esta é uma boa iniciativa. Dizemos: "Quem gosta de velho é fundo de rede".  O dilema: ou morremos moços ou iremos a velhice. A tendência é esta última. A  populaçao de idosos tem aumentado. É justo que tenham seu espaço garantido.

Escrito por dedeabel às 13h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Carga tributária invisível

FRANCISCO DORNELLES


Quando o consumidor souber quanto paga de imposto em cada bem que compra, poderá exercer plenamente a cidadania


AO ACORDAR e acender uma luz, o brasileiro está pagando de impostos, sem saber, cerca de 46% de sua conta de energia. No café da manhã, os impostos equivalem a 36% do preço do café, 40% do preço do açúcar e 35% do preço do biscoito. Mesmo com incentivos para a cesta básica, os impostos ainda comem 18% do preço da carne e do feijão e 35% do preço do macarrão. Se usa o telefone, paga 40% da conta em impostos. Para o lazer, na compra de uma TV, 38% do preço vai para o fisco.
Esses números, calculados em trabalho do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, mostram que os brasileiros pagam muitos impostos sem ter como deles fugir, sem saber e, por isso, sem reclamar. Isso porque os impostos vêm embutidos no preço das mercadorias e serviços. São os chamados impostos indiretos.

Eis que temos um grande trabalho. Primeiro, esclarecer as pessoas. Como esclarecer, se temos muitos excluidos? O governo tenta promover a inclusao digital. Que  mais cidadãos tenha acesso a internet.  Precisamos investir na educaçao. A China é um exemplo. Ela investe pesado na educaçao. Acabar com a corrupçao. Ou entao os recursos publicos nao sao investidos onde precisa ser investido. Tarefa de governo forte.

 

Escrito por dedeabel às 13h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Se nos perguntarem: O que você acha dos bancos, nacionais ou estrangeiros? Bem, a visão do angeli, acima, é uma boa mostra. Eles sugam os setores produtivos. As taxas sao altas. Nunca lucraram tanto. Poderíamos dizer que os bancos sao importantes. Sim, sao importantes. Mas que nao suguem as forças progressistas. Juros mais decentes. Nao precisam matar a galinha dos ovos de ouro. Precisam realimentar o sistema, ou seja, é preciso gerar emprego e renda. Para que os juros possam ser pagos, eles nao podem ser exorbitantes. Precisamos de um modelo de desenvolvimento autosustentavel, que possibilite o desenvolvimento do sistema e nao sufoque os usuarios. Hoje temos uma elite financista, oficial e privada, encastelada em um sistema financeiro injusto. Reconheçamos que o Governo Lula tem lutado contra os juros. Precisa baixar mais.

Escrito por dedeabel às 13h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

E assim caminha o mundo. Precisamos proteger os indios. Ora, mal conseguimos nos proteger... Mas que o estilo de vida deles bem que talvez seja melhor que o nosso... será?  O indio nao acumula, nao especula. Apenas vive, aproveita a natureza. Convive harmoniosamente. E nós? O Seridó está virando um deserto...  Nós somos os responsáveis.

Lalo de Almeida - 7.mai.04/Folha Imagem

Índios cintas-largas durante reunião com delegado da PF na reserva Roosevelt, em Rondônia

 

 

Escrito por dedeabel às 13h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Candace Feit/The New York Times
Ismaël Haïdara na biblioteca de sua família, iniciada por ancestrais que fugiram da perseguição religiosa na Espanha no século 15

Escrito por dedeabel às 12h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Queimadas

Queimada cresce no país com seca e colheita da cana

Apesar de redução no desmatamento da Amazônia, focos de fogo aumentam 18%

Bom ano para a indústria sucro-alcooleira deve fazer número subir até dezembro; estiagem leva incêndios a parques de Minas e do Piauí

THIAGO REIS
DA AGÊNCIA FOLHA

O avanço da cana-de-açúcar em São Paulo associado ao clima seco da Amazônia fez com que o número de queimadas voltasse a crescer neste ano.
Houve um aumento de 18,7% de 1º de janeiro a 10 de agosto de 2007 em comparação com o mesmo período de 2006, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).
De acordo com informações de satélite, foram detectados 26.237 focos de calor (pontos que podem indicar fogo). No ano passado, foram 22.096 -a menor marca desde 2000.
Mato Grosso se mantém como campeão de queimadas, com 7.188 focos. Pará e Roraima vêm logo atrás, com 2.900 e 2.475, respectivamente. São Paulo ocupa a quarta colocação, com 2.182 pontos.
A expectativa da União da Indústria de Cana-de-Açúcar de que a safra de 2007 seja a mais alcooleira dos últimos dez anos pode agravar o quadro, já que o período mais crítico de queimadas -que vai de agosto a novembro- mal teve início

Escrito por dedeabel às 12h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Por Gustavo Nobrega

FOTOCHARGE

Vem Aí "Patrulha Gay"

A Fotocharge é uma imagem de ficção e fantasia criada a partir de montagem gráfica. Portanto, não corresponde à realidade dos fatos



Categoria: FOTOCHARGE
Escrito por Gustavo Nóbrega às 20:59
[(2) Essa abalou] [envie esta mensagem
] []

Escrito por dedeabel às 12h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Construtora lança plano inédito de 300 meses

Junior Santos IMÓVEIS - Ricardo diz que a taxa de juros é bastante competitiva
12/08/2007 - Tribuna do Norte


A avalanche de recursos que está inundando o mercado imobiliário nacional, fruto da abertura do capital das grandes empresas, vem reduzindo gradativamente os custos do financiamento habitacional e, ao mesmo tempo, ampliando o prazo de financiamento. Uma empresa potiguar, a Construtora R. Rocha, do engenheiro Ricardo Rocha, lança no mercado um plano inédito de financiamento de imóveis, com prazo de até 300 meses.

Escrito por dedeabel às 12h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Brasil Justiça Eleitoral cassa 159 prefeitos Marcello Casal Jr /ABrJUSTIÇA - Ministros do TSE julgam os recursos das punições contra os prefeitos

12/08/2007 - Tribuna do Norte

A Justiça Eleitoral de primeira, segunda e terceira instâncias já cassou, até hoje, 159 prefeitos dos 5.562 eleitos em 2004. Desse número, 156 prefeitos de 152 municípios foram cassados pelos juízes eleitorais e pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou 16 cassações e, ainda, decretou a cassação de outros três prefeitos - de Fonte Boa (AM), Goiana (PE) e Ajuricaba (RS) - que haviam sido absolvidos pelos TREs.

Escrito por dedeabel às 12h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Estrutura da ponte de Igapó requer obra urgente

Junior SantosBASE - Ferrugem consome estrutura de ferro à mostra nas pilastras da ponte
12/08/2007 - Tribuna do Norte

Itaércio Porpino - Repórter

Os milhares de passageiros e motoristas que cruzam a ponte de Igapó todos os dias não têm como notar o que seu Ivanaldo costuma ver. Ivanaldo é pescador, tem 37 anos e está habituado a deslizar nas águas do Potengi dentro duma pequena embarcação a remo, somente de onde é possível reparar direitinho na estrutura de concreto armado que sustenta os 606,5 metros de ponte construídos sobre o rio. E, olha, o que Ivanaldo vê é coisa para deixar autoridades e a sociedade em estado de alerta.

Escrito por dedeabel às 12h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Justiça, qual o futuro?

JUIZADO ESPECIAL

Se alguém perguntar, então o que podemos fazer para mudar essa situação? Eu digo. Em Caicó nós somos uma comarca de 3ª entrância, mas não têm um juizado especial criado. O juizado especial funciona em Caicó precariamente. O juiz (substituto) pega um funcionário daqui, e outro da li, e assim vai, mas ele não existe legalmente. Isso cria problemas? Cria. Por quê? Porque, primeiro não temos um juiz no juizado, o que temos é emprestado de outra cidade. Alguns processos criminais no juizado não andam. Eles são abertos, e ficam lá aguardando o dia de prescrever. Quando não têm mais o que fazer, o caminho dele é o arquivo, então isso cria nas pessoas uma sensação de impunidade. Pra criar um juizado especial é difícil? É não. Nós temos aqui vários deputados que foram eleitos pelo povo de Caicó, mas nenhum deles está interessado nisso. Eles não apresentam um projeto, uma emenda, não fazem sequer um discurso na Assembléia Legislativa, em defesa desse assunto”.

 

LEGISLAÇÃO

O outro ponto é a nossa legislação. O juiz criminal Henrique Baltazar, costuma dizer que hoje no Brasil, o crime compensa. Como assim? Veja só, se alguém roubar um banco, e for preso, o acusado fica recolhido dois anos, e depois vai pra rua cumprir o restante da pena em liberdade. Se o cara matar uma pessoa, vai pra um júri, lá os jurados se comovem, dizem, a porque o “coitado”, porque é novo, porque ta desempregado, por isso, por aquilo. O advogado vai lá, faz uma choradeira danada, e os jurados condenam por um homicídio culposo, ou então é condenado por homicídio doloso, mas em compensação vai cumprir apenas 1/6 da pena, e passa dois anos na cadeia e depois ta na rua. A lei estimula a violência quando ela não dá elementos para que a justiça mantenha uma situação de punição. Não existe punição nesse país. A justiça em si, ela é desaparelhada. Tem que cobrar dos seus funcionários. Porque tal projeto ficou três, quatro, cinco anos parado, sem ter um despacho sem ninguém fazer nada? Não existe cobrança”.

 

MUDANÇA

“Veja bem, o juiz Henrique Baltazar, é um juiz que têm uma linha de atuação no sentido de deixar o homicida preso. Agora você imagine, se ele for embora, porque pleiteia uma vaga em Natal, e vier para cá, um juiz que deixe os homicidas soltos numa nova política de trabalho? Com isso pode acontecer de nós vermos, um “camarada”, matando, confessando que matou, e no dia da missa de sétimo dia, ele vai estar na porta da igreja passando para lá, e para cá, olhando pro povo e dando tchau. O momento é de preocupação”.

 (Geraldo Rufino de Araujo Junior - Promotor criminal)


Escrito por sidneycaico às 20h20

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 12h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Justiça, como vai?

Promotor criminal concede entrevista, e se mostra preocupado

 

Esta semana, este blogueiro, que apresenta um programa na Rádio Caicó AM, entrevistou o promotor criminal Geraldo Rufino de Araújo Júnior, a respeito dos crimes e da violência empregada nos crimes registrados nos últimos dias na nossa cidade.

 

VIOLÊNCIA E IMPUNIDADE

“A gente têm percebido nos últimos anos que essa violência é até institucionalizada. Alguns crimes são passionais, e outros não. Algumas pessoas estão, por exemplo, em um bar, e dizem, ah, eu matei porque ele olhou em minha direção. Mentira! Matou porque ia matar, e por trás disso existe o crime organizado. Existe em Caicó, hoje, varias execuções de pessoas envolvidas com drogas, e que estão sendo mortas por esse motivo, agora, eles não vão dizer que mataram porque um traficante mandou. Ele vai dizer que matou porque o outro deu-lhe um empurrão seis meses antes. Isso vêm se somar à impunidade”.

 

Sidney Silva

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 12h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Justiça, como vai?

 

 

Promotor criminal concede entrevista, e se mostra preocupado

 

Esta semana, este blogueiro, que apresenta um programa na Rádio Caicó AM, entrevistou o promotor criminal Geraldo Rufino de Araújo Júnior, a respeito dos crimes e da violência empregada nos crimes registrados nos últimos dias na nossa cidade.

 

O promotor declarou que existe uma falta de perspectiva muito grande para os jovens de Caicó, e isso poderia estar provocando o aumento da criminalidade, além da impunidade praticada em inúmeros casos de morte, ocorridas ao longo dos anos.

FALTAM PERSPECTIVAS PARA OS JOVENS

Lamentavelmente a gente assiste a esse aumento da violência na nossa cidade, e em minha opinião existem algumas coisas que levam a isso, uma delas é a impunidade: Existe ai questão social, e se avaliarmos como caicoenses, qual é a alternativa que se vê hoje em Caicó para o crescimento econômico? Qual é a porta por onde os nossos jovens irão arranjar empregos? Eu digo a você o seguinte: A última grande iniciativa nesse sentido, eu tenho a impressão que foi a fabricação de bonés, e isso começou há 20 anos. De lá pra cá não apareceu mais nada. O jovem de Caicó, ele não têm uma perspectiva de futuro. Ele pode fazer o que? Concurso público? Aqui em Caicó, a educação pública está cada dia pior. A assistência médica muito ruim. Essa questão social, ela é gravíssima na nossa cidade”.

 

Por Sidney Silva


 


 

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 12h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/08/2007


Construção civil vive ‘boom’ de investimento

Ana SilvaCRESCIMENTO - O investimento de capital estrangeiro no setor dispararam em todo o Brasil
11/08/2007 - Tribuna do Norte

Brasília - O ingresso de investimentos estrangeiros diretos no setor  da construção civil dispararam no primeiro semestre deste ano e atingiram US$  773 milhões, um crescimento de quase 15 vezes em relação aos US$ 53 milhões  do primeiro semestre de 2006 e mais que o dobro dos US$ 321 milhões de todo  o ano passado.  O fluxo, segundo dados do Banco Central (BC), está majoritariamente direcionado  para empresas imobiliárias, um movimento que reflete claramente o “boom” no  setor, um dos mais aquecidos atualmente na economia brasileira.

Escrito por dedeabel às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Esculhambando a republica...

JOSÉ SIMÃO Bahamas Já! Cansei de traçar a patroa! E essa seria a melhor manchete do dia: "Maluf nega ter conta no Bahamas"! BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta! E sabe o que está acontecendo na novela "Paraíso Tropical"? Os atores estão INTERTREPANDO muito bem. Dando um show de intertrepação! E essa seria a melhor manchete do dia: "Maluf nega ter conta no Bahamas". Rarará! E eu vou passar o fim de semana na Bahia. Não tem nada pra fazer nessa cidade: fecharam os bingos e a boate Bahamas. Vai investir o dinheiro em quê?!

Escrito por dedeabel às 11h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Lendo

Leonardo Wen/Folha Imagem
O crítico Roberto Schwarz em sua residência, em São Paulo

Escrito por dedeabel às 11h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Nossa cachaça

SAÚDE

Ministério lança campanha sobre risco de bebida alcoólica

DA SUCURSAL DO RIO

Um dia após o presidente Lula ter elogiado na Jamaica a cachaça brasileira, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, lançou no Rio uma campanha de prevenção de riscos no consumo de bebidas alcóolicas.
Ela começará a ser divulgada hoje na TV em comerciais que, de início, parecem com os de cerveja, mas que acabam por alertar para o "lado da bebida alcoólica que a propaganda não mostra", terminando com o slogan "conheça os riscos, seja responsável".

Na entrevista de lançamento, Temporão respondeu que não via contradição no discurso do presidente e na ação do ministério.
"Está muito na moda essa frase que diz que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Vender cachaça para exportação é importante para o país, mas nossa política não tem nenhum viés moralista nem está dizendo "parem de beber". A bebida é socialmente aceitável e pode ser motivo de alegria e prazer. O que estamos chamando atenção é para o consumo abusivo e precoce."

Escrito por dedeabel às 10h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tv Cultura, Hoje, sábado

WALTER CENEVIVA

Goffredo e sua importância

A "Carta aos Brasileiros" foi um momento culminante na união da cidadania em torno do ideal dos que a firmaram

NESTES DIAS EM QUE se recorda o trigésimo aniversário da "Carta aos Brasileiros", pronunciamento de Goffredo Telles Junior (do qual me honrei assinando-a com Miguel Reale Junior, quando seu vice-presidente, na AASP, Associação dos Advogados de São Paulo) é tempo bom para observar que a importância do mestre, em vários campos do direito, transcende desse documento histórico.
Depois do fim da Segunda Guerra (1939-1945) a ciência jurídica passou por intensa reavaliação. Exigiu que suas teorias e concepções consolidadas entre 1850 e 1900 fossem repensadas, à medida em que o planeta se mundializava. Goffredo esteve atento e ativo nesse repensar.

Tendo encantado gerações, ao ensinar "Introdução à Ciência do Direito", encontrou repercussão adequada nas referências a sua extensa obra. Preocupou-se com o debate franco dos assuntos compatíveis com a democracia, a liberdade de manifestação das opiniões, dos cultos, das convicções em todos os segmentos do pensamento humano.
Obras jurídicas e filosóficas de Goffredo integram indicações bibliográficas em inúmeros autores nacionais e estrangeiros. Na literatura jurídica, a carreira longa do professor paulista corresponde a uma afirmação do direito como instrumento de paz social.

Em minha avaliação pessoal, no seu "O Direito Quântico", editado pe-la velha editora de Max Limonad (a primeira edição é de 1971) foi a contribuição original mais interessante do pensamento goffrediano, para cuidar do que refere no subtítulo como sendo "os fundamentos da ordem jurídica". Mesmo o leitor não jurista, alheio profissionalmente às questões do direito, lerá páginas desse livro (Goffredo o dedicou a Maria Eugênia, sua mulher) com muito interesse, já no primeiro capítulo. Neste, em mais de cem páginas, traça a história da Terra e do ser humano que a habitou (quando se tornou habitável, milhões de anos depois de consolidada) para enfocar, logo a seguir, a permanente inspiração que o orientou também na "Carta", ou seja, a da liberdade.

Esta semana marcou, ainda, o lançamento do livro "Estado de Direito Já!", festejando os 30 anos da "Carta". Conjunto expressivo de entidades, com a coordenação da Associação dos Ex-Alunos da Academia do Largo de São Francisco, se uniu para possibilitar a publicação pela Editora Lettera.doc. Reúne depoimentos de 23 ex-alunos da faculdade, com impressões pessoais de grande valor histórico sobre os anos 60 e 70, definindo -em visões individuais- a retomada do que havia há três decênios, na convicção de que a volta da democracia era fundamental, com o Estado Democrático de Direito.

Daquele tempo, não nos esqueçamos de que os apelos ditatoriais subsistiam, tanto na parte dos militantes da direita (aos quais o poder favorecia) quanto dos militantes da esquerda, ainda inspirados pela URSS. Goffredo e os que o acompanharam, na "Carta", queriam a democratização imediata para livrar o Brasil dos abusos contra os direitos individuais, destinados a afirmar o arbítrio dos agentes do Estado.
A "Carta", mesmo considerando os anos passados depois dela para a volta da democracia, foi um momento culminante na união da cidadania em torno do ideal dos que a firmaram.

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 10h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Estudando

Livros Jurídicos

Do Descumprimento das Obrigações LUIZ ANTONIO
SCAVONE JUNIOR

Editora: Juarez de Oliveira; Quanto: R$ 70 (384 págs.)
Pesquisa cuidadosa e enunciado preciso do tema caracterizam a tese de doutorado (PUC/SP) transposta para este volume. O autor sintetizou em seu subtítulo os objetivos visados, envolvendo "conseqüências à luz do princípio da restituição integral: interpretação sistemática e teleológica". Conceitua a conseqüência do descumprimento (não deve o credor pretender mais e tampouco ser compelido menos do que lhe é devido) ao avaliar as alternativas possíveis. A ordem dos assuntos é clara: responsabilidade pelo descumprimento (com sua exclusão, mora, perdas e danos, juros, correção monetária e honorários). Cláusula penal, "astreintes" e arras completam elementos da restituição integral.

Força de Lei
JACQUES DERRIDA

Editora: Martins Fontes; Quanto: R$ 24,50 (160 págs.)
Com subtítulo compreensivo ("Fundamento místico da autoridade") saem duas palestras de Derrida, na "Cardozo Law School" em 1989 e 1990, na Coleção "Tópicos". Falecido em 2004, Derrida na primeira conferência ("Do direito à justiça") é exemplarmente claro ao enunciar: "Uma decisão justa é sempre requerida imediatamente, de pronto, o mais rápido possível". Na segunda palestra ("Prenome de Benjamin") há prolegômeno e "post scriptum" alusivos a texto de Walter Benjamin, num encontro sobre "o nazismo e a solução final - Os limites da representação". No primeiro, situa dificuldades no entendimento de Benjamin e na adequação ao seu objetivo de esclarecimento sobre a "destruição" benjaminiana e heidegeriana.

Problemas de Filosofia do Direito
RICHARD A. POSNER

Editora: Martins Fontes (0/xx/11/3241-3677); Quanto: R$ 79 (664 págs.) Depois da introdução, epistemologia e ontologia do direito. Precedem interpretação revisitada, justiça material e filosofia sem fundamentos.

Processo Legislativo
FÁBIO ALEXANDRE COELHO

Editora: Juarez de Oliveira (0/xx/11/ 3399-3663); Quanto: R$ 80 (432 págs.)
Ensaio acadêmico encaminha o leitor ao estudo de uma teoria do processo legislativo e das técnicas do legislar.

Bê-a-bá do Consumidor
PROFESSOR RIZZATTO NUNES

Editora: Método (0/xx/11/3289-1366); Quanto: R$ 79,80 (512 págs.)
Desembargador no Tribunal de Justiça de São Paulo, o escritor criou, em linguagem clara e edição caprichada, dicas para compras e reclamações.

Proteção Judicial dos Direitos Fundamentais
OBRA COLETIVA

Editora: Juarez de Oliveira; Quanto: R$ 64 (256 págs.)
Os ensaios sobre tema essencial à prática do direito moderno tiveram a coordenação de Vidal Serrano Nunes Junior.

Nova Lei da Súmula Vinculante
ANDRÉ RAMOS TAVARES

Editora: Método; Quanto: R$ 36 (123 págs.)
A obra contribui com estudos e comentários da lei nº 11.417/06, de importância fundamental para a prática jurídica no Brasil.

Revista de Estudos Criminais
NÚMERO 23

Editora: Notadez (0/xx/51/451-8500); Quanto: preço não fornecido (218 págs.)
Este número traz ensaio de César Caldeira intitulado "Presídio sem facções criminosas no Rio de Janeiro?"

Revista Autônoma de Direito Privado
NÚMERO 1

Editora: Juruá (0/xx/41/3352-3900); Quanto: R$ 97,40 (400 págs.)
Publicação periódica nova, dirigida por Arruda Alvim e Angélica Arruda Alvim, enfrenta temas atuais do direito privado.

Revista Autônoma de Processo
NÚMERO 1

Editora: Juruá; Quanto: R$ 97,40 (544 págs.)
Dirigida por Arruda Alvim e Eduardo Arruda Alvim, lançamento da Juruá oferece doutrina, atualidades, pareceres e direito vivo comentado.

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 10h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pablo Martinez Monsivais/Associated Press
Luciano Emilio, autor do gol da vitória, tenta, com um carrinho, roubar a bola de David Beckham

Escrito por dedeabel às 10h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tomasz Gzell/Efe
Operador da Bolsa de Varsóvia (Polônia) observa índices em queda dos mercados financeiros

Escrito por dedeabel às 10h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Painel RENATA LO PRETE - painel@uol.com.br Day after Embora se movimente para construir a candidatura de Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) à presidência do Senado, a oposição já decidiu que, depois de várias batalhas perdidas, sua prioridade é remover Renan Calheiros (PMDB-AL). Para tanto, DEM e PSDB cumprirão as etapas de praxe, inclusive apresentando um nome de sua preferência, mas, no final, tendem a aceitar sem maior resistência um peemedebista que, à diferença de Jarbas, seja digerível pelo Planalto. Nesse cenário, cresce a chance de Gerson Camata (ES), definido por um colega de bancada como "incolor e inodoro". Ele seria uma "solução Ramez Tebet", referência à contingência que levou o senador de Mato Grosso do Sul, morto no ano passado, a tomar o lugar de Jader Barbalho (PMDB-PA) na crise de 2001. Ponto fraco. Quem acompanha de perto a perícia da Polícia Federal sobre as transações de gado de Renan, a ser concluída na próxima semana, afirma que a evolução patrimonial do presidente do Senado é claramente incompatível com os seus ganhos. Tiroteio "Beira o escárnio isso ocorrer na terra de Tiradentes e Tancredo. Se não for declarada a inconstitucionalidade dessa lei, o lema de Minas será "Impunidade ainda que tardia"." -------------------------------------------------------------------------------- De ROBERTO LIVIANU, presidente do Movimento do Ministério Público Democrático, sobre a aprovação, pelos aliados de Aécio Neves na Assembléia, da ampliação do foro privilegiado para autoridades.

Escrito por dedeabel às 10h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Escrito por dedeabel às 10h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CLIMA Derretimento no Ártico atinge alta recorde DA FRANCE PRESSE O banco de gelo do Hemisfério Norte caiu ao nível mais baixo já medido e ainda deve continuar a derreter em 2007, dizem glaciologistas da equipe de William Chapman, da Universidade de Illinois. A variação natural e a mudança climática fizeram a calota polar ártica regredir ao seu mínimo 30 dias antes do esperado. "O gelo ártico rompeu o recorde de menor área coberta", disse o pesquisador. "E, ainda, tudo indica que esse derretimento continuará a ocorrer pelos próximos 30 dias, quando se atingirá o pico do verão", disse Chapman.

Escrito por dedeabel às 10h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Área desmatada no Mato Grosso

Escrito por dedeabel às 10h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/08/2007


As elites mexem-se. Sentem que devem fazer alguma coisa. O Brasil nao cresce em ritmo desejado. Quais as razoes do atraso brasileiro? Estamos muito divididos? Temos partidos politicos de mais? Os juros sao altos? A impunidade desenfreada? Quais as razoes do atraso?
 
Dificil responder. Querem atribuir ao governo Lula a culpa por tudo. Será? E nossas prefeituras, nossas associaçoes, nossas igrejas, como se alinham todos estes organismos? Fazemos nossa parte? Ou esperamos que alguem interceda por nós?
 
 
 
3. Como Reagir ao Atentado Contra a Democracia [Mauro Carrara]
 
Este é um formidável exemplo do rito de enfrentamento que hoje vivenciamos no Brasil. Nesse momento, como ocorreu na Venezuela, os argumentos não fazem qualquer diferença. Numa euforia quase esportiva, as elites brasileiras começam a se divertir em ser "do contra", em provocar o conflito com aqueles que julgam inferiores e menores.
 

Escrito por dedeabel às 13h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cansei, cansei...

Como Reagir ao Atentado Contra a Democracia Diagnóstico e Estratégias de Luta

Mauro Carrara

 

São 21h30 de Sábado, 3 de Agosto de 2.007, quando eu e Otílio nos aproximamos da grande casa na região dos Jardins, em São Paulo. A festa certamente já começou. Somos quase penetras, posto que o único convidado formal é Frederick, um amigo de Otílio. Defronte a casa, há um belo gramado. Lindeira com o átrio, uma via em curva, na qual os convidados são apeados de seus veículos. Tomando bom vinho, varamos para os fundos da mansão. Há uma piscina em forma de coração.

Um grande garagem abriga, sob mantas, um Porsche e um Jaguar, que o dono não deve usar com freqüência. Ao fundo, alguns jovens parecem fazer bricolage. Vou ver... Estão produzindo material para a Passeata Anti-Lula, que será realizada no dia seguinte, na Avenida Paulista.

Soltam gritinhos numa excitação infantil. Na parede, perto do armário de ferramentas, diviso a imagem de um presidiário, com o conjunto listrado em preto e branco. Ao focar o rosto, percebo que é do presidente da República. Obra de photoshop, preparada pela juventude, serve de alvo para uma brincadeira de dardos. Há uma comoção, de repente. Uma bela e jovem convidada, ainda que equilibrada em longos saltos altos, acerta bem entre os olhos do operário.

Escrito por dedeabel às 13h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cansei, cansei...

Referindo-nos ao movimento Cansei, da elite brasileira, contra aqueles a quem julgam inferiores.
 
3. Como Reagir ao Atentado Contra a Democracia [Mauro Carrara]
Este é um formidável exemplo do rito de enfrentamento que hoje vivenciamos no Brasil. Nesse momento, como ocorreu na Venezuela, os argumentos não fazem qualquer diferença. Numa euforia quase esportiva, as elites brasileiras começam a se divertir em ser "do contra", em provocar o conflito com aqueles que julgam inferiores e menores. http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=688

Escrito por dedeabel às 13h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Comentario de Geraldo Anisio

Geraldo de Caicó] [geraldo_anizio@hotmail.com.br] [www.geraldoanizio.zip.net] [geraldo_anizio@hotmail.com.br]

Dedé ao ver a foto acima, veio-me à lembrança do Sr. Manoel Josino de Melo(conhecido por Manelão), que nasceu em Pendências município de Macau/RN no dia 11 de Julho de 1921. Manelão como é conhecido aqui na minha cidade Gov. Jorge Teixeira(Rondônia), é soldado da borracha. Ele chegou na Amazônia em 1942 para trabalhar como soldado da borracha - seringueira.Hoje com 86 anos, literalmente sem ninguém da família. É claro que ele também nunca teve interesse de voltar à sua terra e rever os parentes que aí residem. Espera em seu rancho, a hora de partir desta para uma melhor.Deixo aqui no seu site,o registro da figura que ele tem representado como trabalhador braçal no seringal da Amazônia. 08/08/2007 22:40

Resposta do Blog:

Geraldo, grata a minha satisfaçao por seu comentário. Um forte abraço.

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 12h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Comentario do Leitor:

Ricardo bezerra]
Cara de Caicó e serido voce só tem o titulo ne, cade as noticias boas da nossa Caico

09/08/2007 11:33

Resposta do Blog:

Ricardo, gostaria de publicar noticias boas de nosso Caico, nosso Serido. O Boletim Seridoense é amador. Mas o objetivo é veicular noticias importantes, principalmente as que influenciam nossas vidas.

Gostaria de noticiar:

 a) que nossa industria boneleira está em franco progresso para enfrentar a concorrencia 

b) Que nossas universidades, a Federal e a Uern estão desenvolvendo projetos, contratando professores, ampliando instalaçoes

c) que nossos rios estão sendo revitalizados e despoluídos

d) que nossos hospitais estao em franca atividade, adquirindo novos equipamentos e contratando novos médicos

e) que nosso Mercado Publico está sendo revitalizado

Puxa vida, como será bom publicar estas boas noticias. Espero que logo seja possivel. Depende de nossa luta, de nossos politicos.

A verdade é que a situaçao do Seridó preocupa-nos a todos. Neste momento, escutando as emissoras locais, ouço a preocupaçao dos apresentadores dos programas policiais no Radio AM.  O fato é que homicídios estão tornando-se frequentes. Quatro homicidios que eram a previsao para todo o ano, aconteceram em pouco tempo. Um onda de violência toma conta. Cadê os investimentos? Cadê a geraçao de empregos? Onde estão as boas noticias que queremos?

Os problemas recorrentes tratados nas notícias veiculadas em cidades do RN, mas que também sao problemas em Caico:

Agradecemos e esperamos outras participaçoes suas. Obrigado.

Boletim Seridoense

 

Escrito por dedeabel às 11h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/08/2007


Aline

Adão Iturrusgarai

Escrito por dedeabel às 17h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Explicando

Direita exacerbada joga duro contra PT Clóvis Rossi é um dos colunistas mais influentes da Folha de S.Paulo. Escreve sobre quase tudo, mas nos últimos tempos parece ter se especializado em atacar o PT. Na sua coluna de 4 de agosto, ele afirmou que o PT é um caso para a proteção ao consumidor, pois entre os partidos representados no Congresso, só o PSOL mereceria o “rótulo” de esquerda. Quanto ao PT, estaria “com o prazo de validade vencido há pelo menos quatro anos e meio. Procon nele”. Para chegar a esta conclusão, Rossi desenvolve duas linhas de argumentação. A primeira delas é colocar um sinal de igual entre o governo Lula e o PT. Como sabemos, o governo Lula é de coalizão partidária (entre partidos de esquerda, centro e direita) e social (entre setores da classe trabalhadora e setores do empresariado). Não é, portanto, um governo petista ou de esquerda, pelo menos não no sentido que emprestávamos a este termo nos anos 80, quando falávamos de “governo democrático-popular”. Isso impõe ao PT uma contradição: participar e apoiar o governo contra a oposição (de direita e de esquerda); e, ao mesmo tempo, pressionar e disputar os rumos do governo, inclusive contra os aliados de centro e direita que dele fazem parte. E as concessões políticas feitas pelo PT, ao longo dos últimos anos, parecem ter feito esta parte da “intelectualidade” concluir que “se o PT pode fazer este tipo de aliança, então nós também podemos fazer coro com gente da direita”. O notável é a raiva com que fazem isto, o fel que desabam sobre o PT. Pesam nisto suas ilusões perdidas (sobre o que seria o governo Lula), seus vínculos com setores sociais insatisfeitos com o governo e com o Partido, os muitos erros cometidos por nós. Deve pesar, também, a insatisfação com as “más companhias”. Não deve ser fácil, para alguém como Clóvis Rossi, fazer média com gente que “cansou”. Mas fazer o quê? Afinal, nesta vida cada um responde pelas mediações que faz. Escrito por toni martins

Categoria: Politica
Escrito por dedeabel às 16h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/08/2007


Rememorando

MACAU - 70 e 80

UM PONTO DE ENCONTRO DE UM GRUPO DE PESSOAS QUE VIVERAM A CIDADE DE MACAU NAS DÉCADAS DE 70 E 80 E EM TORNO DA PRAÇA DA CONCEIÇÃO E ADJACÊNCIAS - Escrevam suas lembranças e situações engraçadas, divulguem suas lembranças e alimentem nossas memórias.

Importante!!! DIA 8 DE SETEMBRO (SÁBADO), A PARTIR DAS 16h NA PRAÇA DA CONCEIÇÃO.

ESCREVAM SEUS COMENTÁRIOS PARA: giovanaufrn@gmail.com.
 

A CAMISETA CUSTARÁ R$ 10,00.

NATAL - PONTO DE VENDA:

1) RESTAURANTE MATURI (quem quiser encomendar sua camista, deve passar por lá para assinar uma lista e pagar antecipado)
O RESTAURANTE MATURI FICA NA RUA SÃO JOSÉ, PRÓXIMO AO HOSPITAL PROMATER.
POSTERIORMENTE, AVISAREMOS O DIA EM QUE AS PESSOAS QUE ASSINARAM A LISTA PODERÃO IR BUSCAR SUAS CAMISETAS

2) CHAGUINHA (comunique-se pelo email chaguinha_sousa@ig.com.br).

MACAU - PONTO DE VENDA:

LUGÁ LEGAL (quem quiser encomendar sua camista, deve passar por lá para assinar uma lista e pagar antecipado)
PEDIMOS QUE ORGANIZEM SEUS GRUPOS E PAGUEM ANTECIPADO SUAS CAMISETAS.

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 13h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

OAB Nacional

OAB nacional recusa apoio ao Cansei, liderado por presidente de SP

"Entendemos que o movimento é legítimo e cada Estado deve decidir se o apóia ou não, mas ainda é restrito a SP", afirma Cezar Britto, que dirige a Ordem

LEANDRO BEGUOCI
LILIAN CHRISTOFOLETTI
DA REPORTAGEM LOCAL

A OAB nacional (Ordem dos Advogados do Brasil) não vai apoiar o "Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros", o "Cansei", liderado oficialmente pelo presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D'Urso.
Desta forma, o atual presidente nacional da entidade, Cezar Britto, não participará do ato promovido pelo "Cansei" no dia 17, quando se completa um mês do acidente com o avião da TAM.
Britto justificou a decisão: "Entendemos que o movimento é legítimo e cada Estado deve decidir se o apóia ou não, mas ainda é restrito a São Paulo".
A medida foi tomada ontem durante reunião da entidade, em Brasília. O placar registrou 19 votos contra a adesão ao "Cansei" e 7 a favor. Cada voto representa um Estado. Cada Estado decide seu voto com base na decisão de três advogados.
O voto de São Paulo, que lidera o grupo, também foi contrário à adesão da OAB nacional.
Segundo Raimundo Hermes Barbosa, conselheiro paulista da OAB Nacional, "o "Cansei" é um movimento de São Paulo com repercussão nacional. Teve a manifestação do presidente da OAB do Rio, que criticou o apoio da Ordem ao "Cansei". Achamos por bem não manifestar apoio neste momento, o que não significa que não possamos fazê-lo no futuro".

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 13h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Liquida interior começa nesta quarta em Macau

Presidente da CDL Daniel Dantas

Começa nesta quarta-feira, 01, a campanha "Liquida Interior", que será realizada de 01 a 12 de agosto. Em contato com o Presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Macau (CDL) Daniel Dantas, haverá uma grande mobilização do comércio no sentido de aquecer as vendas praticando preços mais competitivos desta forma proporcionando aos macauenses realizarem o sonho de consumo. Os lojistas  capacitaram os seus vendedores, ornamentaram lojas e prepararam os estoques. “A campanha Liquida Interior tem por objetivo incrementar as vendas num período, costumeiramente, sem muita movimentação para o comércio e aqui em Macau as lojas participantes darão descontos de 10% até 50%.”, destacou Daniel Dantas que acrescentou ainda que haverá uma grande divulgação nos órgãos de comunicação no sentido de informar a população sobre esta promoção. Lojistas de Macau de diversos segmentos aderiram ao liquida interior.

*Foto e dados: Blog Arafran Peter

Escrito por dedeabel às 13h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Contra as drogas

30/07/2007


DROGAS

 

Pastores travam guerra contra o tráfico

 

 

Pastor Francisco Joaquim - Macau

 

 


Vale do Açu - O tráfico de drogas na região do Vale do Açu tem apresentado um crescimento vertiginoso nos últimos anos, sendo mais acentuado nos municípios de Macau, Pendências e Alto do Rodrigues. Os prejuízos chegam à população em forma de arrombamentos, assaltos, homicídios e, o maior de todos, "a destruição da instituição familiar", destaca o pastor Francisco Joaquim, de Macau, e Jackson Lima de Mesquita, de Pendências, que estão travando uma verdadeira guerra contra o tráfico de drogas.

 

Conselhos antidrogas são vistos como solução


Na opinião de Jackson Lima de Mesquita e Francisco Joaquim, o combate ao tráfico de drogas não passa essencialmente pelo aumento do contingente policial e sim, por um trabalho social, de resgate da instituição familiar, num trabalho somente possível com o empenho dos gestores municipais, estaduais e federais e a comunidade em geral. "É preciso um trabalho conjunto", diz Jackson.
E essa união de poderes é possível através da criação do Conselho Municipal Antidrogas. Em Macau, o vereador Haroldo Martins apresentou o Projeto de Lei propondo a Criação do Conselho Municipal de Combate ao Uso e Tráfico de Drogas. Em Pendências, a prefeita Alvanilda Bezerra da Silva já enviou o projeto de Lei para aprovação da Câmara Municipal.
Em Alto do Rodrigues, o prefeito Abelardo Rodrigues Filho já enviou e a Câmara aprovou o Projeto de Lei criando o Conselho Municipal de Combate ao Uso e Tráfico de Drogas. No caso destes últimos dois, tão logo o processo seja concluído na Câmara, será sancionado pelos respectivos prefeitos municipais. Em Macau, não há informações de interesse do prefeito.

 

Jornal de Fato – Caderno Estado ( Domingo, 29/07/2007).

 

Categoria: Oeste
Escrito por dedeabel às 13h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pensando bem...

"O débil, acovardado, indeciso e servil não conhece, nem pode conhecer o generoso impulso que guia aquele que confia em si mesmo, e cujo prazer não é de ter conseguido a vitória, se não de sentir capaz de conquistá-la."

(William Shakespeare)

 

Toni Martins, Carnaubais, RN

Escrito por dedeabel às 13h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

www.tonimartins.zip.net, Carnaubais, RN, RN:

 

Zenildo oferece ajuda "vergonhosa" ao MST

Se o prefeito não atende ao movimento organizado dos trabalhadores, agora imagine qual o tratamento que nosso dirigente dar aos demais cidadãos que não tem o mesmo espirito de luta nem a coragem de reivindicar.  

Veja a relação dos alimentos solicitados pelo trabalhadores

Pauta entregue nas mãos do prefeito

Veja a única ajuda que Zenildo deu até agora

Ordem de compra, nem um pouco generosa

 

 

Escrito por dedeabel às 13h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Falta educação

Iberê Ferreira, o santacruzense eleito vice-governador está certo quando diz que a maior responsabilidade pela poluição do rio Potengi é a própria população.
É sim.
Falta educação e consciência ambiental.
E não é só no caso do rio Potengi, mas na própria cidade como um todo.
Exemplos são flagrantes e frequentes:
Pessoas jogam lixo nas ruas provocando entupimento de galerias pluviais e depois reclamam do Poder Público o alagamento de avenidas.
Sem razão.
Invadem calçadas e canteiros da cidade transformando-as em centros comerciais para vendagem de cachaça, churrasquinho e todo tipo de buginganga.
Além de mal educada e poluidora, a população é também predadora.
Aí estão o desmatamento e o desperdício d´água, que se constituem no maior crime ambiental do planeta com consequências desastrosas no futuro.
Ao Poder Público, que também é responsável, compete realizar campanhas educativas e esclarecedoras para evitar o pior. ...

Comento:

Sim, somos os culpados. Aqui no Sertão o problema de poluiçao existe. E não está sendo fiscalizado. Consciencia dos cidadãos é pouca. E os rios do Seridó e de Caicó estão poluídos.  Matamos a quem nos dá a vida. Uma insensatez sem limites. Como somos ignorantes!

Mas o Poder Publico nao fiscaliza. Para coibir os abusos, a poluiçao, é preciso fiscalizar e multar os infratores. Quem tem poder de polícia? O Poder Publico. A Prefeitura, o Governo Estadual, os organismos de proteçao ao meio ambiente. Nem todos são educados, infelizmente.

Escrito por dedeabel às 12h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Brasília 07 de Agosto de 2007 08:02 Deputados vão debater Reforma Política daqui a pouco Os deputados federais podem retomar hoje (7), às 9h30, a análise da reforma política, precisamente o Projeto de Lei Complementar 35/07, que trata da fidelidade partidária. Também estará em discussão uma nova emenda aglutinativa, apresentada antes do recesso parlamentar, que trata do financiamento público de campanhas para prefeito, senador, governador e presidente da República) e dos limites ao financiamento privado de campanhas para cargos proporcionais (vereador e deputados estaduais, distritais e federais). Ainda existe impasse sobre o assunto e, antes de discutir a proposta, os deputados precisam votar a Medida Provisória 374/07, que tranca a pauta. Fonte: www.marcosdantas.com

Escrito por dedeabel às 12h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

06/08/2007


Neurociencia

Karel Navarro-09.fev.2006/Associated Press
Visitantes de museu de ciências em Lima, no Peru, observam fragmentos de cérebros reais exibidos em exposição

Escrito por dedeabel às 21h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Musica

Discoteca Básica

Chega de Saudade

JARDS MACALÉ
ESPECIAL PARA A FOLHA

Chega de Saudade" [Odeon, 1959] foi o disco que traçou a fronteira do estilo de cantar e tocar a música brasileira. De forma radical, João Gilberto [foto] baixou o volume e sintetizou, em seu violão, harmonias que, a princípio, pareciam complexas, mas, depois de reveladas, se mostraram harmonias simples.
João Gilberto inaugurou uma originalidade que tomou o mundo e a que se deu o nome de bossa nova.
Uma vez questionado sobre essa marca, ele disse: "Bossa nova não existe, o que existe é o samba".
Esse disco fez com que eu me tornasse músico.

JARDS MACALÉ é músico e ator. Atua no filme "Conceição - Autor Bom É Autor Morto", em cartaz em São Paulo.

Escrito por dedeabel às 21h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Governadores podem perder cargo, diz TSE

FÁBIO ZANINI
SILVANA DE FREITAS

DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Um parecer da assessoria técnica do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estende para os detentores de cargos majoritários (presidente, governador, prefeito ou senador) a determinação já aprovada pelo tribunal de perda de mandato para deputados que trocarem de partido no meio do mandato.
O parecer, de 24 de abril, é assinado pela assessora-chefe da presidência do tribunal, Claudia Cahu, e responde a uma consulta do deputado Nilson Mourão (PT-AC).
O documento servirá de subsídio para o relator da consulta, ministro Carlos Ayres Britto, que estuda o caso. Britto deve proferir seu voto em sessão plenária neste ano e pode acatar ou não o parecer. Ele não foi localizado para comentar o caso.
O presidente do TSE, Marco Aurélio de Mello, já se diz favorável à tese defendida pela assessoria técnica.
"Temos de aguardar o pronunciamento do tribunal. Mas o princípio é o mesmo [para eleições proporcionais e majoritárias]. É coerente", disse ele.
O dado fundamental, diz Marco Aurélio, é a fidelidade ao partido, "por força de filiação partidária um ano antes, escolha do nome em convenção e financiamento da campanha pelo partido".
Se a tese do parecer vingar, correrão o risco de perda de mandato, entre outros, os governadores Blairo Maggi (MT) e Ivo Cassol (RO), que trocaram o PPS pelo PR, senadores como Fernando Collor (que foi do PRTB para o PTB), Roseana Sarney (DEM para PMDB) e Cristovam Buarque (PT para PDT) e vários prefeitos.

Escrito por dedeabel às 21h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Você olha a votação no primeiro semestre do PMDB e é um saco de gatos.

Os partidos sabem da necessidade de uma reforma política, mas divergem sobre como ela deve ser feita. Um dos motivos para isso são os cálculos sobre o futuro dos próprios políticos.

Para o PT, o temor é interno, de que haja o favorecimento da cúpula partidária. Sobretudo nesse momento em que há uma redivisão de forças no PT.

 

Cálculo político atrasa reforma, diz Abrucio

Professor da FGV afirma que partidos miram eleição ao discutir projeto e que fidelidade partidária é essencial

FERNANDO BARROS DE MELLO
DA REDAÇÃO

Os partidos sabem da necessidade de uma reforma política, mas divergem sobre como ela deve ser feita. Um dos motivos para isso são os cálculos sobre o futuro dos próprios políticos.
Para o cientista político Fernando Abrucio, da FGV, o PSDB se preocupa com a popularidade do presidente Lula, enquanto o PT teme o fortalecimento da cúpula partidária. Abrucio diz que não há "reforma salvadora" e que a fidelidade partidária é, nesse momento, o ponto mais importante. Leia os principais trechos da entrevista à Folha.  

FOLHA - O que dificulta a aprovação da reforma política?
FERNANDO ABRUCIO
- Houve reação na sociedade contra o casuísmo de regras que favoreciam a classe política atual e contra a idéia de votar em uma lista e não em pessoas. Já dentro do Congresso, existe consenso de que há vários problemas no sistema político. Mas não há consenso sobre qual remédio dar. Esse é o ponto.

FOLHA - Os partidos, quando falam de reforma política, medem riscos futuros para eles mesmos?
ABRUCIO
- Exatamente. Há uma grande dificuldade dos partidos fazerem o cálculo da reforma para além da sua carreira. O maior medo do PSDB é um fortalecimento exagerado do PT no processo político. Isso se daria pela lista fechada colada ao financiamento público. No fundo, eles estão preocupados com a popularidade do Lula. Para o PT, o temor é interno, de que haja o favorecimento da cúpula partidária. Sobretudo nesse momento em que há uma redivisão de forças no PT.

FOLHA - E o PMDB e o DEM?
ABRUCIO
- Você olha a votação no primeiro semestre do PMDB e é um saco de gatos. O partido que mais se interessava na reforma era o DEM. Eles imaginavam que ela favoreceria a cúpula partidária e achavam que diminuiria um pouco o peso dos pequenos partidos via fidelidade e cláusula de barreira, o que significa menos chance de perder membros. Além disso, o financiamento público pagaria a campanha de 2008. É preciso pensar nas estratégias dos atores envolvidos.

FOLHA - Uma questão levantada por deputados é a de que não seria possível aprovar financiamento público de campanha sem voto em lista fechada. Isso é verdade?
ABRUCIO
- Se nós colocarmos um financiamento público exclusivo, é difícil imaginá-lo sem a lista. Mas o pior problema do sistema é manter o financiamento para cargos majoritários e não para os proporcionais. Outro ponto essencial é a distribuição de cargos. Para montar maioria, os governos precisam de deputados, que aceitam ficar na base governista sobretudo pela distribuição de cargos. Essa que é a grande cola do sistema político brasileiro.

FOLHA - O que fazer, então?
ABRUCIO
- Prefiro uma melhoria do atual sistema, que signifique maior capacidade de controle, maior transparência, redução de candidatos.

FOLHA - E financiamento público?
ABRUCIO
- Acho que essa rodada de reforma do primeiro semestre tinha um bode na sala: o financiamento público, que foi colocado como a resposta ao sistema, mas não acho que seja. É possível melhorar o sistema de financiamento de campanha, sem ter um sistema exclusivo de financiamento público.

FOLHA - Como?
ABRUCIO
- O atual sistema já é misto. Financiamento público não é só fundo partidário, é horário eleitoral gratuito também. Se você tem horário de rádio e TV só para quem tem grau de representatividade razoável, reduz o número de candidatos. Assim, os TREs poderiam controlar muito mais. Também é preciso melhorar o controle de fundo partidário. Denúncias de corrupção e de caixa 2 deveriam levar a penalidades no fundo. Do lado do financiamento privado, precisa criar regras que obriguem que os candidatos declarem via internet e também criar restrições sobre quem pode financiar. Provavelmente, limitando financiamento à pessoa física.

FOLHA - A lista fechada é fundamental ao projeto?
ABRUCIO
- Temos que olhar quais são os verdadeiros problemas. A idéia de que existe reforma salvadora é um equívoco. O sistema atual de lista completamente aberta é ruim. Agora, é preciso soluções que não piorem ainda mais. O sistema mais elogiado é o da Irlanda: há uma lista apresentada pelo partido, mas o eleitor pode mudar a ordem de candidatos. Mas primeiro precisamos criar vida partidária, com prévias, primárias. Nesse atual momento a fidelidade partidária é a medida mais importante.

Escrito por dedeabel às 21h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Chiclete com Banana

Angeli

Escrito por dedeabel às 21h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Computadores

O Brasil sera o terceiro mercado de computadores, atrás da China e EUA. O computador é uma alternativa, alem de poder trabalhar com ele. Crescimento acelerado como modo de comunicaçao. É o proximo objeto de consumo dos brasileiros. Todos tem televisao, celular, eletrodomesticos. Hoje, o computador é muito desejado.

Em 1997, uma linha de dois megas, custava 22.000,00 reais, só para provedores.

Em 1994, um computador, 5000 dolares

Em 2007, um computador 500 dolares.

Nos Estados Unidos, os jovens vêem mais computador que televisao. Chegaremos lá.

Brasil, o maior usuario do Orkut. Os jovens estão antenados. É preciso colocá-los no rumo certo. É um fenômeno que será acompanhado e os resultados serão promissores.

Alfabetizaçao, leitura, poderão ser alavancados com a ajuda do computador, uma ferramenta poderosa. Há muitos analfabetos. Precisamos educar os analfabetos. Precisamos do acesso ao computador e melhorar a qualidade da informaçao que chega ao cidadao. Será um grande salto de qualidade na cidadania brasileira.

 

Escrito por dedeabel às 21h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Arquivo/Folha Imagem

Atacante Souza perderá cinco jogos em razão da agressão ao meia gremista Tcheco
 
 

 

Atacante Souza perderá cinco jogos em razão da agressão ao meia gremista Tcheco

Escrito por dedeabel às 21h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

DESAFIO
Os amigos do deputado Álvaro Dias insistem para tê-lo candidato à prefeitura de Caicó sob pena de sua liderança correr o risco de permitir uma vitória da oposição. Álvaro ainda não deu resposta.

 

Jornal de Hoje, Natal

Escrito por dedeabel às 20h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Oliveira Wanderley:

Curtas do blog

 

 

JARDIM DE PIRANHAS

O deputado Nelter Queiroz liga para o blog para anunciar que em breve a população do município de Jardim de Piranhas passará a contar com o sinal da telefonia celular. Nelter informou que a TIM estará implantando em Jardim de Piranhas o mais rapidamente possível uma torre de captação de sinal da operadora. “Acredito que num prazo de 90 dias os jardinenses já estarão se comunicando com o mundo através de celular”, afirmou Nelter, que já havia apresentado requerimento na Assembléia Legislativa solicitando da TIM a implantação da torre em Jardim de Piranhas.

Escrito por dedeabel às 12h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Painel

Aécio e o veto

O governador Aécio Neves deve anunciar hoje veto integral à ampliação do foro privilegiado em Minas, iniciativa da Assembléia Legislativa para proteger 1.981 autoridades -entre elas os próprios deputados- da atuação do Ministério Público Estadual.
Será a segunda vez. No início de julho, o tucano vetou o foro ampliado, que lhe chegou na forma de emenda a um projeto do Executivo. Não obstante a maioria folgada de que o governo dispõe na Assembléia, os deputados derrubaram o veto de Aécio e restabeleceram sua blindagem, desta vez por meio de emenda a um projeto do Ministério Público. De lá para cá, o caso ganhou repercussão nacional.

Noivado. Partidos da base de Lula como PDT, PSB e PC do B realizarão encontros em São Paulo, Minas, Rio, Rio Grande do Sul e Bahia. Querem fechar pré-acordos para as eleições do ano que vem.

Tiroteio

A estabilidade de Lula qualifica a base aliada a vencer as eleições em 2008 e em 2010 fazer o sucessor. Que deve ser do PT, o partido com melhores condições de preservar a aliança.


Do deputado CÂNDIDO VACAREZZA (PT-SP), sobre a pesquisa Datafolha que indica um patamar inalterado de aprovação ao presidente a despeito da crise aérea e do acidente em Congonhas.

Escrito por dedeabel às 12h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Toda Mídia

Nelson de Sá

Classes

Ontem na Folha sobre o Datafolha, o registro de que a reação a Lula se deu "apenas entre os mais ricos". E ontem no despacho da agência Reuters, destaque nos sites de buscas de Brasil, "Lula se mantém entre os mais populares presidentes na história do Brasil", com "aprovação sem alteração desde março", isso "apesar da crítica pública" que se seguiu ao desastre aéreo. Notou a agência que o presidente "é especialmente popular entre os brasileiros pobres e de classe trabalhadora".

COM ONASSIS

Reuters
Mônica Bergamo deu que Athina Onassis estudava "uma forma de aderir ao Cansei"; dois dias depois, FHC aparece em sites pelo mundo sorrindo com a "herdeira", via Reuters

FAUSTÃO E IMPLOSÃO
O "Jornal Nacional" pouco ou nada mudou, mas ontem foi o "Domingão do Faustão". O animador, em meio a uma justificação sem fim do global Criança Esperança, virou o locutor da implosão do prédio da TAM, que misturou com:
- Este acidente é misto de incompetência, corrupção... Que sirva para lembrar a sociedade de que precisa reagir, exigir respeito da autoridade.

POR SEGUNDOS
O caderno de turismo do "New York Times" abordou o acidente, que fez a segurança "novamente foco de intensa preocupação para turistas":
- Não é só o Brasil que está sob o holofote. Nas últimas semanas, aviões estiveram a segundos de colidir em aeroportos bem mais perto, como La Guardia e Orlando.
E indicou sites de avaliação sobre aeroportos no mundo.

LULA E O MURO AMERICANO

"Lula da Silva" estava ontem na capa do mexicano "El Universal", assinando o artigo "Aliança indispensável", propondo cooperação em petróleo, gás e etanol. Num trecho, "em nosso continente não precisamos de muros", mas de "estradas, gasodutos e linhas de transmissão". Além da mídia mexicana, a visita e o artigo ecoaram por agências como AP, Efe etc. É um "giro" que segue depois por Honduras, Nicarágua, Jamaica e Panamá. Cuba, não.
De sua parte, ontem no programa "Alô, Presidente, número 289", como descrito por sua Agência Bolivariana de Notícias, Hugo Chávez anunciou "giro" por Argentina, Uruguai, Bolívia e Equador -com mais dinheiro para a primeira e investimentos em petróleo nos dois últimos.

A ILHA

juventudrebelde.cu
Em seu "Juventud Rebelde", Fidel Castro prometeu que, na volta dos dois boxeadores, "não os espera prisão nenhuma" e "as autoridades brasileiras podem ficar tranqüilas"...


O MAIS RICO

wsj.com


Na capa do "Wall Street Journal" sobre "o homem mais rico do mundo", "Slim faz seus bilhões à velha maneira: monopólios". Na primeira frase do texto, "Slim é o Senhor Monopólio do México". Já na revista "Época", da Globo, associada de Slim na Net, lá pelo meio do texto, o registro de que, "tanto Bill Gates [o mais rico anterior] quanto Carlos Slim enfrentam competidores, mas ambos têm conseguido manter níveis elevados de controle de seus mercados".
Em quadro no "WSJ", as diretrizes de Slim, tipo "negar acesso a sua rede", "dumping" etc. Em quadro na revista, as "regras de ouro do bilionário", oficiais, tipo "otimismo sempre rende frutos", "manter austeridade fortalece" etc.

Leia as colunas anteriores
@ - Nelson de Sá

Escrito por dedeabel às 12h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

05/08/2007


Blog de Salomao Gurgel:

 

TEM CHEIRO DE CONSPIRAÇÃO NO AR, MINHA GENTE!

 

Já não agüento mais. Já não assisto mais aos noticiários da TV. Procuro, na Internet, nos ensaios de cientistas políticos, de sociólogos, de filósofos e de alguns poucos jornalistas (que conseguem associar fatos da vida diária ao interesse do cidadão de ter informações esclarecedoras) uma luz que me ajude a entender o que se passa no Brasil.

 

Quando você liga a Globo ou qualquer outro canal de televisão, se não estiver prevenido, isto é, bem informado, pode cair na impressão de que temos hoje, no Brasil, o governo mais criminoso e insensível, capaz de matar passageiros de avião, moradores de favelas, etc. e tal...

 

A velhaca e mal-feitosa burguesia reacionária, muitas vezes, encarnada na classe média alta deste País, que detesta, culturalmente,  os mais humildes e utiliza uma língua afiada para exigir democracia, mas cospe a todo instante no direito à dignidade de vida da grande maioria dos deserdados, não perde o rebolado, está cada vez mais enfurecida, porque não tem mais, sozinha, em suas mãos as alavancas do poder.

 

Não está nem ai para a violência que arranca vida de pobres, nem pra grande fome de milhões que ainda não tem sequer a Bolsa Família, para os funcionários e professores que fazem greve por melhores condições de vida e trabalho, não solta nem bulhufas para os milhares que são acidentados, feridos e mortos nas nossas estradas...

 

Não! Porque, ali, naquele submundo, não estão os deles. E eles são extremamente egoístas e perniciosos. É por isso que eles trazem o foco da televisão e doutros meios de comunicação apenas os seus interesses restritos e apontam suas baterias contra o governo, que eles sabem que não é mais só deles.

 

Fazem de desastres aéreos e da desgraça alheia uma repugnante orquestração de dominação de mentes e corações, como faziam antes com as Marchas da Família Com Deus pela Liberdade; desesperados, mas não inconscientes, jogam lamas, cobras e lagartos venenosos contra o governo , a quem desejam ver por terra...

 

Ah, meus companheiros, a luta é a luta de classe! A ideologia da classe dominante, agora, é virtual e mais perigosa, pois vem pelo ar, como uma praga de gafanhotos tecnológica, que se canaliza e transforma-se, nos tubos da TV, em visões inebriantes e deformadoras das nossas consciências.

 

Lula, companheiro, o seu governo, que acredito que é ainda um pouco meu e do PT, está sendo cercado e pode ser massacrado pelo poder altamente venenoso da mídia. Que tal pensarmos numa reação? Afinal, não está tudo claro? Eles já estão em luta para derrubá-lo, meu companheiro das aspirações mútuas de Janduis, do Rn e do Brasil! Não há o que conciliar. Devemos reagir.  Com as mesmas armas que eles usam: TV, Rádio, Jornais, Internet, etc.  E as nossas: as grandes mobilizações populares...       



Escrito por Salomão Gurgel às 19h03

Escrito por dedeabel às 10h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Blog de Salomao Gurgel:

 

 

JÁ NÃO AGUENTAMOS MAIS TANTO CINISMO DE CORRUPTOS

 

Lá, em Natal, os vereadores são assim. Foram pegos com a mão na massa. Melhor dizendo: com a mão nos cheques dos seus corruptores. E, apesar das provas irrefutáveis, oferecidas pelo Ministério Público e pela Polícia, não se intimidaram: fizeram do ataque a sua defesa. Agrediram o Prefeito, a Policia, o Ministério Público e a consciência dos homens de bem.

 

Tem sido assim, em todo o Brasil. A cambada toda, que se diz eleita e representante do nosso povo, considera que a “norma” é eles roubarem, sem serem denunciados, nem punidos. É claro que há umas poucas exceções! Mas que a grande maioria é viciada, contaminada e contaminante. Ah, são mesmos! Verdadeiros Justos Veríssimos, de Chico Anízio... Para quem essa gente ignara só serve para ser enganada, comprada e corrompida.

 

Dia desses, numa dessas pequenas cidades do nosso interior, pedi a um amigo meu que fizesse cem ligações telefônicas para diferentes residências, perguntando qual era o homem público (ou mulher), eleito pelo povo, mais honesto, 100% honesto, do seu Município. NENHUM.

 

O pior é que ninguém espera alguma mudança, nas próximas eleições... A eleição de um novo governante ou gente nova não representa garantia de honestidade no pensar das pessoas.  Vêem com naturalidade  filho substituindo pai , na política. Por mais que gostem de determinado político, também desconfiam dele. “Já me fez uns favores, mas hoje está mais rico!”

 

Meus pacientes, na sua grande maioria, aconselham-me a não me misturar com “essa gente ruim”. Não aceitam  a argumentação de que as pessoas honestas devem participar da política para combater os desonestos: “Uma andorinha só não faz verão, doutor!”

 

Um colega meu, psiquiatra que se afoitou na política, desistiu: “É mais fácil tratar das loucuras dos meus pacientes do que lidar com as ganâncias e instinto corruptor dos nossos políticos”.

 

Porém, acredito que nem tudo está perdido. Aqui e acolá, ainda posso encontrar alguém que ousa conversar da Ética da Política, da conduta e do relacionamento decentes  na relação Individuo x Poder. São poucos , mas existem! Há uma esperança. A Humanidade ela pode até cair ao fundo do poço. Mas, quando está sentindo que se afoga, começa a nadar no rumo certo...    



Escrito por Salomão Gurgel às 22h30

Escrito por dedeabel às 10h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Vasta programação marcará os 49 anos de fundação da Rádio Rural de Natal

 

Uma vasta programação será desenvolvida no mês de agosto em comemoração aos 49 anos da Rádio Rural de Natal - AM 1090.

 

No próximo dia 10, data em que a emissora foi inaugurada, em 1958, será celebrada missa em ação de graças, às 11 horas, na Catedral Metropolitana, presidida pelo Arcebispo, Dom Matias Patrício de Macêdo.

 

No dia 11, às 15 horas, na Capela do Santíssimo Sacramento, no Centro Pastoral Pio X - subsolo da Catedral, haverá celebração eucarística para os arrecadadores dos Amigos da Rural, presidida pelo Mons. Lucas Batista Neto. No dia 17, às 19h30, haverá missa, na Catedral Metropolitana, presidida pelo Pe. Roger Luís, da Comunidade Canção Nova, de Cachoeira Paulista/SP.

 

A Rádio Rural de Natal foi inaugurada em 10 de agosto de 1958, por iniciativa de Dom Eugênio de Araújo Sales, com a finalidade de levar educação às pessoas que moravam no interior, em especial nas comunidades rurais e que não tinham acesso à escola convencional.

 

Desde 2000, a emissora é administrada pela Comunidade Canção Nova e é mantida pelos Amigos da Rural. São pessoas que, mensalmente, contribuem, financeiramente, para a manutenção da rádio. Atualmente, são mais de 13.800 Amigos. A pretensão da direção da rádio é chegar ao final de agosto com 15 mil amigos.

 

As pessoas podem se associar como Amigos da Rural, através dos "arrecadadores dos Amigos", nas Paróquias, ou na própria rádio, situada na Rua Açu, ao lado da Catedral Metropolitana.

 

Eu tive o privilégio de trabalhar na Rádio Rural de Natal. Como tive de trabalhar na Rádio Rural de Caicó. Foram tempos em que as programações das duas emissoras tinham como carro-chefe o jornalismo. Voltado especialmente para assuntos ligados à comunidade. Bons tempos. Parabéns à Rádio Rural de Natal.

 



Escrito por Oliveira Wanderley às 06h03

Escrito por dedeabel às 10h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Leitura jurídica

Livros Jurídicos

Mulheres em Pedaços

UMBELINA LOPES
Editora: Armazém de Idéias (0/xx/ 11/ 3107-4788); Quanto: preço não fornecido (118 págs.)
O livro traz 16 anos da experiência de Umbelina Lopes na Defensoria Pública da Delegacia de Crimes contra a Mulher em Belo Horizonte. A leitura não é amena, nem poderia ser de outro modo, pois vêm narradas situações da vida real, nas quais a caracterização da violência doméstica não chegou a ter limites. É agravada, ainda, pela dificuldade de muitas vítimas, por causa dos filhos, de tomar uma atitude contra o agressor, até para sair de casa. Pelo menos 17 tipos de violência são relatados, no dia-a-dia da atividade da defensora, em amplitude que os meios de comunicação ainda não compreenderam inteiramente. Apesar da dureza da narrativa, vale a pena percorrer o livro e o difundir.

A Colisão de Princípios Constitucionais no Direito do Trabalho
ANA PAULA TAUCEDA BRANCO
Editora: LTr (0/xx/ 11/3826-2788); Quanto: R$ 35 (144 págs.)
Em dissertação de mestrado (FDV), a escritora espírito-santense discute princípios constitucionais para propor a solução teórica da colisão de princípios da livre iniciativa e da dignidade da pessoa humana. A escritora tem participado ativamente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-ES, na preocupação que encerra uma de suas conclusões de buscar as construções teóricas que mais sejam "fiéis à real facticidade humana" à sociedade brasileira. No capítulo final, examina flexibilização como fenômeno introdutório da terceirização, os descontos salariais alheios às hipóteses legais, o adicional de periculosidade na negociação coletiva e a admissibilidade do acordo individual na compensação da jornada de trabalho.

Violência Doméstica
ROGÉRIO S. CUNHA E RONALDO B. PINTO
Editora: Revista dos Tribunais (0800-702-2433); Quanto: R$ 32 (176 págs.)
Comentário artigo por artigo da lei nº 11.340/06 (lei Maria da Penha), por dois membros do Ministério Público de São Paulo.

Apelação e Sentença
WALTER VECHIATO JÚNIOR
Editora: Juarez de Oliveira (0/xx/11/ 3399-3663); Quanto: R$ 45 (88 págs.)
Na "Coleção Prática de Recursos e Decisões Civis" estão doutrina, jurisprudência, modelos e roteiros.

Curso de Criminologia
JOSÉ FLÁVIO BRAGA NASCIMENTO
Editora: Juarez de Oliveira; Quanto: R$ 48 (272 págs.)
A começar da criminologia nos direitos humanos e de sua história, o autor traz escolas, teorias, o delito e a vítima.

Novidades no Direito Civil
GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA
Editora: Método (0/xx/11/3289-1366); Quanto: R$ 36 (176 págs.)
Coletânea de estudos do autor discute aspectos inovadores do Código Civil de 2002, com jurisprudência e bibliografia.

Coisa Julgada
GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA
Editora: Método; Quanto: R$ 28 (125 págs.)
A contribuição do autor é a de trazer novos enfoques sobre o tema, em vários campos do direito atual.

Direito Sucessório do Cônjuge e do Companheiro
INÁCIO DE CARVALHO NETO
Editora: Método; Quanto: R$ 48 (224 págs.)
As inovações introduzidas no direito sucessório, no casamento e na união estável, têm avaliação metódica com jurisprudência.

Dicas de Português para o Exame da OAB e Concursos
CHRISTIANO ABELARDO FAGUNDES FREITAS
Editora: LTr; Quanto: R$ 20 (95 págs.)
O autor contribui com dados práticos sobre o idioma nacional, com especial utilidade para concursos.

Relação de Emprego & Direito do Trabalho
JORGE LUIZ SOUTO MAIOR
Editora: LTr; Quanto: R$ 30 (117 págs.)
Souto Maior critica aparências que obscurecem a razão de ser do direito do trabalho e da própria Justiça do Trabalho.

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 10h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

DANUZA LEÃO

Só por uma semana


Ninguém teria a menor preocupação com coisa alguma, ninguém falaria de doenças nem de tragédias

SABE O QUE eu mais queria na vida? Queria, durante uma semana, só ler notícias boas. Nem precisava que elas fossem tão boas; bastava que não houvesse nenhuma ruim.
As manchetes dos jornais não precisariam falar de coisas muito importantes. Poderiam contar que neste ano estão crescendo flores, misteriosamente, em todos os canteiros de todos os prédios, e que até as vielas das favelas estão floridas e coloridas.
Além disso, por um capricho da natureza, elas estariam mais cheirosas do que nunca, e que esse fenômeno está fazendo com que as pessoas estejam mais gentis, mais delicadas, mais felizes. E os traficantes, no lugar de traficar, levariam grandes buquês para suas namoradas, que retribuiriam com beijos e palavras amorosas.
Os jornais diriam que nossos deputados e senadores se renderam à beleza que tomou conta do país, e durante esta semana esqueceriam de seus interesses particulares e só votariam projetos a favor do bem-estar geral. E isso lhes faria tanto bem que eles sairiam do Congresso a pé, falando com todas as pessoas com quem cruzassem na rua, sorrindo, simpáticos, como faziam quando estavam em campanha. Eles também colheriam e levariam flores para suas mulheres, com um carinho que elas já haviam esquecido que existia.
As rádios só tocariam canções de amor, e as televisões mostrariam praias, montanhas, lugares lindos onde se poderia passar uns dias só sendo feliz, mais nada.
Algumas pessoas não seriam citadas no noticiário desta semana, e seria proibido falar de qualquer partido político, já que eles só nos trazem desgosto. Responda rápido: algum deles lhe trouxe alguma alegria nos últimos tempos?
Os assaltantes dariam uma trégua e iriam à praia dar um mergulho para esfriar a cabeça, e quando voltassem para casa encontrariam suas mulheres felizes, preparando o almoço, e a casa cheirando a um refogadinho feito na hora. E os dois sorririam um para o outro e talvez até se amassem e deixassem a panela queimar, aliás por justíssima causa.
As crianças nas praças se enfeitariam com flores nos cabelos e não dariam um único grito; o único ruído que fariam seria o de risos e gargalhadas, tão felizes estariam. Pássaros voariam sobre nossas cabeças, e borboletas de todas as cores dançariam, naquela coreografia louca que só elas entendem.
Nessa semana, só uma coisa seria proibida: tirar fotos com o celular.
Para que as pessoas soubessem que os momentos de verdadeira felicidade são guardados dentro do peito, deles não se esquece, e para isso não precisamos de nenhuma maquininha.
Barraquinhas ofereceriam água de coco gelada e pão de queijo fumegando, de graça, como se estivéssemos numa quermesse; ninguém teria a menor preocupação com coisa alguma, ninguém falaria de doenças nem de tragédias, até porque ninguém estaria doente e nenhuma tragédia teria acontecido.
Teríamos a ilusão, durante uma semana, de que a vida seria assim, para sempre; e à noite, quando aparecessem os primeiros vaga-lumes, a certeza de que todos nossos sonhos iriam se realizar.
Aliás, uma semana seria demais; bastaria que fosse assim por um dia.
Mas talvez eu esteja querendo demais.

danuza.leao@uol.com.br

Escrito por dedeabel às 10h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Divulgação
Barbara Stanwick interpreta a "femme fatale' de "Pacto de Sangue', dirigido por Billy Wilder

Escrito por dedeabel às 10h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Giannetti faz quadro no "Fantástico" sobre tempo e desejo

"O Valor do Amanhã", baseado em livro homônimo do economista Eduardo Giannetti, terá dez episódios de dez minutos; estréia será no próximo domingo

RAFAEL CARIELLO
DA REPORTAGEM LOCAL

Problemas de que também se ocuparam o punk rock e os carnês das Casas Bahia voltarão a ser tema de reflexão no programa "Fantástico", da TV Globo, a partir do domingo que vem.
"O Valor do Amanhã", série de dez episódios de dez minutos cada, baseada no livro homônimo do economista Eduardo Giannetti da Fonseca, vai buscar "lançar uma semente de dúvida", diz o seu criador, na mente dos telespectadores sobre questões ligadas ao difícil comércio entre os desejos e o tempo.
Satisfazer-se imediatamente ou ser prudente? Gastar ou poupar? Esse padrão de dilema estará em jogo, como, hipoteticamente, em questões do tipo "comprar agora o liqüidificador pior ou, depois, aquele outro, com mais botões?".
Ou ainda: "Viver dez anos a mil ou mil anos a dez?". Bom, se você está domingo à noite em casa assistindo a esse programa, talvez a vida já tenha escolhido para você -e não vai aqui juízo de valor, apenas uma "semente de dúvida".
O quadro é bastante bem cuidado e o próprio economista se disse "positivamente surpreso" com o resultado dos episódios a que já assistiu.

Escrito por dedeabel às 10h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Escrito por dedeabel às 10h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Livro celebra os 30 anos da "Carta aos Brasileiros"

Manifesto de Goffredo da Silva Telles Jr. foi um dos marcos da redemocratização

Obra que será lançada na Faculdade de Direito da USP contém 23 depoimentos sobre o documento que pedia "Estado de Direito Já"

DA REDAÇÃO

Antigos alunos da Faculdade de Direito da USP, no Largo São Francisco, lançarão na quarta-feira o livro "Estado de Direito Já!" para celebrar os 30 anos da "Carta aos Brasileiros", do jurista Goffredo da Silva Telles Jr., que se tornou um marco da redemocratização do país.
Em 1977 a repressão, que se tornara mais aguda a partir de 1968, tinha abrandado um pouco, mas o país estava longe da normalidade: o Congresso foi fechado em abril, e ainda havia prisões (cineasta Renato Tapajós) e cassações (Marcos Tito e Alencar Furtado, deputados).

Escrito por dedeabel às 10h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Painel

RENATA LO PRETE
painel@uol.com.br

Não cansei

Está para ser lançado um novo contra-ataque ao movimento "Cansei", desta vez na seara empresarial. O Palácio do Planalto articula a confecção de um manifesto de representantes do setor produtivo a favor do governo, para se contrapor à iniciativa de empresários como João Dória Jr. em parceria com a OAB-SP.
O encarregado de colocar em pé o manifesto é o ministro da coordenação política, Walfrido dos Mares Guia, que recrutará apoios por meio do chamado "Conselhão". O documento deve ser apresentado na próxima reunião do grupo, ainda neste mês. Assessores como o marqueteiro João Santana levaram a Lula a avaliação de que o "Cansei", até pelo nome, tende a ser percebido como um agrupamento de "dondocas", e que por isso "pega bem" tê-lo como opositor.

No sol. No que depender do governo, já refeito do primeiro impacto do acidente da TAM, o refresco do presidente do Senado está prestes a acabar. "O foco se volta agora para o Renan", vaticina, aliviado, um ministro de Lula.

Escrito por dedeabel às 10h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

7 coisa sque você não sabia... sobre Antonioni e Bergman

[por Deborah Giannini]

1+ Apesar de terem morrido coincidentemente no mesmo dia, na última segunda-feira, os cineastas Michelangelo Antonioni e Ingmar Bergman pouco tinham em comum. Antonioni disse certa vez: "Bergman está muito distante de mim, mas eu o admiro. Ele também se concentra nos indivíduos, mas indivíduos diferentes dos meus".

2+ O italiano Antonioni, embora fosse de família rica -o pai era industrial-, passou "necessidade" no início da carreira. Confessou ter roubado um bife do prato de uma pessoa em um restaurante quando ela se levantou. E vivia do dinheiro da venda dos troféus que havia ganhado em torneios de tênis.

3+ Quando não tinha nada para fazer, gostava de contemplar o que se passava ao redor. Esse hábito lhe rendeu inúmeros galos na cabeça, quando criança, pois, ao virar-se para olhar as pessoas, dava encontrões com caixas de correio. Também tinha o costume de dependurar-se em parapeitos para espiar dentro da casa dos outros.

4+ Ele dirigiu um videoclipe, aos 70 anos, da cantora de rock italiana Gianna Nannini, que durou quatro minutos e custou US$ 35 mil. O clipe mostrava um pântano recriado em estúdio com gelo seco, creme de barbear e vapor d'água, enquanto ela cantava "Este Amor é Uma Câmara de Gás".

5+ Nos anos 80, o sueco Bergman revelou como era sua rotina na ilha de Farö, onde morou até a morte: levantava todos o dias às 8h, escrevia das 9h ao meio-dia. Almoçava frutas e coalhada, trabalhava mais duas horas e tirava uma soneca às 15h. Antes do jantar, fazia um passeio e, depois, assistia à TV. Gostava muito do seriado "Dallas".

6+ Tinha manias: sempre fechava as portas por onde passava, sentava-se nas poltronas do lado do corredor, nos teatros, e batia na madeira para "isolar" coisas ruins. Também tinha medo de escuro e odiava quando alguém chegava por trás dele.

7+ Sofria de insônia -dormia no máximo cinco horas por noite- e, para não incomodar a mulher, ouvia música com fones de ouvido.

Escrito por dedeabel às 10h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Em descompasso com o mito, outra Marilyn Monroe surge das lentes do americano Bert Stern


Uma das fotos do ensaio que teria sido vetada por Marilyn; ela própria teria riscado o filme usando um marcador laranja ou um batom

menos diva, mais Norma

por Adriana Küchler
fotos Bert Stern


Bert Stern não pensou duas vezes. Com o "sim" de Marilyn Monroe ao convite para um ensaio de fotos e carta-branca da "Vogue" americana para clicar o que quisesse, o fotógrafo de moda desejou colocar a musa na capa da revista.

Escrito por dedeabel às 10h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 

Escrito por dedeabel às 10h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/08/2007


Questão: O que leva uma pessoa a quem ajudamos muito, que morou em nossa casa por um bom tempo e a quem demos todo o tipo de apoio moral e material, a desenvolver tamanha raiva contra a gente? Ela não deveria ser reconhecida e grata?
Resposta: Outro dia, lendo a resenha de um livro, o autor citou Cícero (orador e político romano do século I antes de Cristo), que dizia que a gratidão é a maior de todas as virtudes. Á primeira vista, pode parecer um exagero, já que aprendemos a pensar que todos aqueles a quem ajudamos não farão mais que a obrigação de nos ser gratos. Mas a verdade é que a regra geral é que aquele que recebe favores materiais ou ajuda emocional costuma desenvolver enorme hostilidade contra nós. A ingratidão é “filha” da inveja. É assim: aquele que recebe se sente por baixo, humilhado. Como precisa receber, não tem outra escolha e aceita o que estamos oferecendo. Quanto mais receber, mais humilhado e ressentido ficará. Acabará arranjando algum pretexto e se afastará, nos agredindo e nos acusando de algo que não fizemos. É preciso pensar duas vezes antes de decidirmos ajudar alguém!
 
www.flaviogikovate.com.br

Escrito por dedeabel às 21h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Discreto gosto pelo cânhamo
Engana-se quem pensa que o uso da maconha é algo novo no Brasil. A erva era plantada e consumida desde os tempos coloniais, especialmente pelos escravos
por Jean Marcel Carvalho França
ACERVO DA FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL - BRASIL
Cena doméstica de 1822 mostra os cachimbos usados pelos negros

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O antropólogo pernambucano Gilberto Freyre, em um livro publicado em 1937 e há pouco reeditado no país, Nordeste, dizia que, no Brasil de outrora, a cana-de-açúcar, cultura sazonal que ocupava o colono por no máximo duas estações, deixava um imenso tempo livre para outro cultivo, o do ócio. Curiosamente, pondera Freyre, não passou pela cabeça da maior parte dos empenhados colonos que o tempo não consumido com a cana poderia ser usado de maneira produtiva, plantando-se arroz e feijão, por exemplo. Ao contrário, em paralelo ao plantio da cana, o colono resolveu dedicar-se a produções voltadas para o devaneio, para o escape: a indústria da aguardente, produto do agrado de todos; a cultura do tabaco, artigo indispensável para preencher as infindáveis tardes de calor e enfado dos senhores; e a cultura do cânhamo, da maconha, erva apreciada pelos pretos e pela gente pobre, gente que precisava, digamos, relaxar, pois, afinal, eram “os pés e as mãos do senhor de engenho”.

Escrito por dedeabel às 21h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

FHC critica uso político de "brecha entre ricos e pobres"

Tucano faz menção velada a Lula, segundo quem ricos ganharam muito neste governo

Sobre a declaração "estão brincando com democracia", ex-presidente diz que sucessor usa as palavras "sem atentar ao significado"

FERNANDO BARROS DE MELLO
DA REPORTAGEM LOCAL

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse ontem que as "brechas entre ricos e pobres não devem ser aumentadas na política". A frase foi proferida dois dias depois do presidente Luiz Inácio Lula da Silva dizer que "ninguém sabe colocar mais gente na rua" do que ele e que os ricos ganharam muito dinheiro em seu governo e, por isso, os pobres é que deveriam estar zangados.
A crítica do ex-presidente não foi feita diretamente a Lula. FHC discursou para uma platéia de empresários, intelectuais e estudantes, no lançamento da revista norte-americana "Americas Quarterly", da qual é membro do Conselho Editorial. Falando sobre a necessidade do mundo lidar com diferenças culturais e sociais, disse ser preciso "trabalhar na aceitação do outro". "Apesar das brechas entre ricos e pobres, o que as vezes é aumentado na política. Devemos evitar isso, não usar como poder."

Escrito por dedeabel às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tragédia

"Gazeta de Alagoas"
Veículos sobre trecho rompido da ponte em Minnesota

Categoria: Engenharia
Escrito por dedeabel às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Direito...

BIODIVERSIDADE
JUSTIÇA NEGA HABEAS CORPUS A PRIMATÓLOGO
A Justiça Federal de Manaus negou habeas corpus ao cientista Marc Van Roosmalen, condenado à prisão por manter macacos em cativeiro irregular. O biólogo, descobridor de cinco espécies de primata, tem apoio jurídico da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

Erica Cartmill
Fêmeas que passaram por teste em cativeiro na ilha de Jersey

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 20h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

João Sal - 18.jun.2007/Folha Imagem
Paulinho da Viola gravou em São Paulo na semana passada

Escrito por dedeabel às 20h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Luke e Tantra

Angeli

Escrito por dedeabel às 20h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Toda Mídia

Nelson de Sá

O TUMULTO

Band/Reprodução
A Folha Online deu a estação da Luz no alto da home, "Urgente". E a Band entrou com Luiz Datena, "reivindiquem, o que não pode é parar a cidade"; "vocês", sindicato e governador, que "se entendam". Serra entrou ao vivo logo depois.

De volta à rotina
economist.com
'Enviando os porcos’, diz revista


Anteontem na escalada do "Jornal Nacional", "O Rio se assusta com a volta da violência depois do Pan". E ontem, em intervalo da Globo, "operação na Rocinha contou com 300 homens e ajuda de blindados, houve tiroteio" etc.
A nova "Economist" também voltou ao tema, pós-Pan, dizendo que Sérgio Cabral "parece mais determinado" que governadores anteriores para combater a violência no Rio, "mas a polícia é a metade do problema". Estaria "entre as mais brutais no mundo" e seria mais um obstáculo para a "cidade segura" que os cariocas vislumbraram, em oportunidade rara, durante o Pan.
De sua parte, o jornal francês "Le Figaro" destacou que "O mercado da segurança particular explode no Brasil", país que "já conta com mais vigilantes privados que militares". Mais um "sintoma da paranóia".

ESCAPANDO
Cathal McNaughton/PA - guardian.co.uk
No "Guardian", "o memorial tem que ficar, para as pessoas não esquecerem que os responsáveis continuam a policiar as ruas"

Foi a manchete no site do "Guardian" e destaque nos de "Daily Telegraph", "Times", "Independent" e "Financial Times", todos londrinos. Os enunciados se fixaram na acusação, por um relatório, de que a principal autoridade antiterror do país "enganou" (misled) o chefe de polícia da cidade sobre a identidade de Jean Charles de Menezes, morto há dois anos. Mas nas análises de "Guardian" e "Times" a suposta inocência do chefe de polícia, Ian Blair, foi questionada com mais do que ironia, sob títulos como "Getting away with murder", escapando com assassinato.

"SIR IAN"
Nos mais popularescos, a pouca atenção foi para "Sir Ian inocentado", no dizer do "Sun" -que na reportagem reproduziu "comentários" de internautas, como o de que a morte de Menezes "manda mensagem clara a todos os terroristas". E o brasileiro era um "imigrante ilegal que não deveria estar aqui mesmo".

MORTAL
A londrina "Economist" também deu texto, ontem mesmo, sem tomar posição. Mas dizendo que será difícil ampliar os poderes antiterror, como quer o governo, diante da lembrança de que "em uma ocasião os policiais fizeram uma bagunça mortal com os poderes que tinham, e depois ainda tentaram fraudá-la".

TÃO PERTO
Alheio à histeria na cena política, o site do "Wall Street Journal" deu em título que, segundo a Standard & Poor's, o "Brasil nunca esteve tão perto da nota de investimento". A agência nem cobra mais nenhuma "reforma específica".

Escrito por dedeabel às 20h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cansei, cansei

Estudioso da classe média acredita que o movimento não deve durar muito tempo

DA REDAÇÃO

O economista Ricardo Amorim, 38, um dos autores de "Classe Média: Desenvolvimento e Crise" (2006), não crê que o "Cansei" tenha futuro: "A classe média obedece muito a impulsos provenientes da mídia. Ela não tem tradição de mobilização: explode e recua, explode e recua. Ela não quer transformar coisas. Protesta contra algo que não lhe agrada, mas depois volta ao normal".
Segundo Amorim, "economicamente não há motivos" para a percepção negativa que a classe média tem do governo Lula, já que "os anos 90 é que são os maiores causadores do empobrecimento da classe média".

Para o cientista político Fábio Wanderley Reis, 69, professor emérito da UFMG, o "Cansei" reflete as transformações do país: "Esse movimento expressa as conseqüências negativas de um quadro geral de mudanças, de expansão econômica do país, que resultou numa popularização do acesso ao avião e que começa a afetar as classes médias diretamente", em parte porque algumas áreas -como o setor aéreo- não estão sendo bem administradas.
Além disso, ele aponta certo preconceito de classe na iniciativa: "A OAB convive em silêncio com as chacinas na periferia, mas se manifesta quando a criminalidade nos atinge ou os aviões começam a cair". Reis acha difícil, porém, que o movimento tenha êxito: "Em 1964 havia uma situação muito distinta, o quadro era dramaticamente diferente. Agora há só ineficiência de gestão em algumas áreas, mas limitadas".

Escrito por dedeabel às 20h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Painel

RENATA LO PRETE
- painel@uol.com.br

Vim para confundir

A tropa de Renan Calheiros (PMDB-AL) voltou do recesso com disposição renovada para tumultuar o processo contra o presidente do Senado no Conselho de Ética. Na primeira reunião dos relatores do caso, Almeida Lima (PMDB-SE) bateu boca com Marisa Serrano (PSDB-MS) ao sugerir que os novos e problemáticos documentos relativos ao frigorífico Mafrial, enviados pelos advogados do próprio Renan, deveriam ser deixados de lado. "Não admito!", rebateu ela. Almeida Lima, que se apresenta como jurista, arriscou-se na matemática. Disse que "se 60%" das operações de venda de gado informadas por Renan estiverem corretas, isso já perfaz R$ 1,2 milhão" -suficiente para pagar pensão da jornalista Mônica Veloso.

Espelho meu. Na reunião de ontem, Lula comparou o recém-lançado movimento "Cansei" ao grupo de empresários venezuelanos que deu suporte ao golpe que depôs o presidente Hugo Chávez por 48 horas cinco anos atrás.

Tiroteio

"Quando Lula finalmente arruma a Defesa, o PT parte para o ataque antes mesmo de o novo time entrar em campo. Assim não dá!"


Do deputado petista WALTER PINHEIRO (BA), opondo-se às críticas de seu partido à substituição do correligionário Waldir Pires por Nelson Jobim (PMDB) no Ministério da Defesa.


 

Escrito por dedeabel às 20h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

Escrito por dedeabel às 20h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Proteçoes ecológicas

Ibama e 150 policiais fazem operação para conter pesca de mergulho com compressor

Roberta Trindade
Repórter

A Polícia Federal, o Ibama, a Polícia Militar Ambiental e a Polícia Rodoviária Federal estão participando de uma operação para conter ação ilegal de pescadores de lagosta na praia de Rio do Fogo, litoral Norte do Estado. Cento e cinqüenta policiais e 19 viaturas foram para o local por volta das 5h da manhã de hoje e devem seguir os trabalhos até o fim da tarde. O objetivo da operação é conter a pesca de mergulho com uso de compressor, que é proibido por lei devido o grande risco. A prática já causou a morte de muitos pescadores em todo o país.

Jornal de Hoje

Escrito por dedeabel às 20h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Atençao, advogados.

Código de Saulo Ramos

O poeta e advogado Diógenes da Cunha Lima, antes de viajar para festejar seus setenta anos nos países frios, leu ‘O Código da Vida’, do jurista Saulo Ramos, fez uma seleção de doze mandamentos que considera a síntese do Código de Saulo Ramos, um verdadeiro código da vida para todos os advogados.

  1. Enquanto houver democracia, o Judiciário é a esperança.
  2. Defender o direito da humanidade é fácil. Difícil é disciplinar o ser humano.
  3. Minha formação de advogado não admite proibição alguma, senão em virtude de lei.
  4. Aqui no escritório não existe política. Não me interessa o que cada um deles fez no passado recente ou remoto. Aqui se trabalha em advocacia e se cultiva o Direito.
  5. É terrível o advogado não ler com atenção os documentos que manuseia, e nos mínimos detalhes.
  6. Em bunda de criança e em mão de juiz ninguém pode ter confiança. ...                        

Vicente Serejo, Jornal de Hoje

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 20h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Agencias reguladoras

Blog sobre direito

 No novo blog sobre Direto, o juiz federal Marcos Mairton, titular da 8ª Vara Federal RN, escreveu um artigo sobre "A atuação das agências reguladoras e controle jurisdicional: o caso do aeroporto de Congonhas e as derrapagens das aeronaves". Os internautas podem acessar artigos e informações através do site: www. marcos.mairton.blog.uol.com.br no blog especializado em Tecnologia e Gestão no Poder Judiciário.

Anelly Medeiros, Tribuna do Norte.

Categoria: Direito
Escrito por dedeabel às 20h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/08/2007


Pobre é que deveria se zangar; rico já ganhou muito, diz Lula

Presidente afirma que "alguns querem brincar com a democracia" e desafia seus críticos

Reação ocorre depois de protestos isolados e início do "Cansei'; petista garante que ninguém no país coloca mais gente nas ruas que ele


PEDRO DIAS LEITE
ENVIADO ESPECIAL A CUIABÁ

HUDSON CORRÊA
DA AGÊNCIA FOLHA, EM CAMPO GRANDE

Em resposta às vaias e críticas que vem sofrendo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em discurso ontem, que as manifestações ocorrem de pessoas que ganharam muito dinheiro no atual governo e que há muita gente "incomodada com a democracia". Para Lula, se "alguns quiserem brincar com a democracia", ninguém neste país "sabe colocar mais gente nas ruas" do que ele.
O discurso foi feito ontem, em mais um evento fechado de lançamento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), em Cuiabá. Foi a mais dura resposta de Lula desde a vaia histórica no Maracanã na abertura dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, no dia 13 de julho. Lula ouviu vaias isoladas em outros eventos do PAC.
O forte ataque à oposição vem também na semana seguinte ao lançamento do movimento "Cansei", organizado por empresários de São Paulo e pela OAB, pedindo mudanças nos rumos do país.

Escrito por dedeabel às 17h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Luke e Tantra

Angeli

Escrito por dedeabel às 17h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Luca Bruno - 05.set.02/Associated Press
Antonioni durante entrevista no festival de Veneza, em 2002

Escrito por dedeabel às 17h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Reportagem de capa

Brasileiro procura a sua terceira câmera

NOVOS CONCEITOS - Consumidor não baseia compras no maior número de Mpixels e presenteia familiares com as digitais

DA REPORTAGEM LOCAL

Boa parte dos consumidores brasileiros já está pensando em comprar a sua terceira câmera digital, e os modelos com mais de 10 Mpixels, já presentes no mercado, não estão entre as opções mais populares.
A previsão é da direção da 15ª edição PhotoImage Brazil, feira que reunirá mais de 300 marcas em um evento para o mercado profissional, em São Paulo, na próxima terça-feira.
"Desde o final do ano passado, os modelos mais procurados pelos brasileiros são aqueles que têm resolução entre 5 e 6 Mpixels", diz a diretora da feira, Duda Escobar.
Ela cita os números do instituto GFK (www.gfkms.com.br), que registrou a preferência nacional pelos modelos com um "calibre" médio.

Escrito por dedeabel às 17h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Consumo

Fácil de gravar

Toca-DVD ganha botão "rec" para mostrar seu programa preferido de TV mais tarde

KÁTIA ARIMA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O botão vermelho do "rec", que ativa a gravação, era raro nos modelos de toca-DVDs e obrigava muita gente a manter o videocassete na sala.
Mas agora os aparelhos com capacidade gravar DVDs estão mais populares. Há nas lojas diversos modelos, de diferentes marcas, que custam a partir de R$ 500. Os mais modernos são bem mais caros e vêm com disco rígido interno.
Quem compra um gravador de DVD de mesa pode se livrar das fitas VHS. Conectado ao videocassete, o equipamento faz a conversão dos vídeos para o formato digital. Ele também pode ser ligado a outro toca-DVDs e fazer cópias de discos que não são protegidos por direitos autorais.

Escrito por dedeabel às 17h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Divulgação
Obra do artista cubano Hector Villaverde, que participou do projeto "Sharing Dreams"

Escrito por dedeabel às 17h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

O líder João Dória Jr. - João Dória Jr., principal porta-voz do movimento, é um notório direitista. Na campanha presidencial de 2006, o empresário promoveu milionários jantares de apoio ao candidato Geraldo Alckmin. Amigo íntimo de FHC, em outubro passado premiou o ex-presidente com uma escultura da artista Anita Kaufmann. Ele também é um elitista contumaz. Segundo reportagem da Veja, ''conhecido pelo dom de reunir convidados famosos em festas e eventos empresariais, João Dória Jr., 47 anos, faz questão de manter o seu visual tão impecável quanto suas duas mansões, uma nos Jardins e outra em Campos do Jordão. Ele só usa camisas feitas sob medida (quase todas com colarinho italiano e monograma) e termos Ermenegildo Zegna''. Seu patrimônio pessoal é calculado em R$ 70 milhões; é dono da empresa Dória Associados, de um centro de exposições e de uma editora; tem um helicóptero Bell-407 e acaba de comprar um jatinho Phenon.
Outro artigo da mesma revista confirma que o líder do ''Cansei'' não tem nada de apolítico ou apartidário. Formado numa família de velhas raposas da UDN e filho do deputado cassado João Dória, Junior circula pelos corredores do poder há muito tempo. Foi secretário municipal de turismo e presidente da Embratur (também afastado por denúncias de corrupção). Com toda esta ''bagagem'', fundou em 1996 a Grupo de Lideres Empresariais (Lide), que reúne 406 executivos e donos de empresas com faturamento acima de R$ 200 milhões. Juntos, estes empresários controlam cerca de 40% do PIB brasileiro. ''Quem é capaz de por presidentes de grandes bancos de braços esticados, dançando Macarena? Ou, apito na bota, distribuir tarefas para chefões da indústria e respectivas senhoras? Resposta: João Dória Jr., publicitário, jornalista, empresário e, acima de tudo, talentosíssimo no trato com os poderosos'', descreve o artigo bajulador.
Os outros conspiradores
- Luiz D'Urso, presidente da seção paulista da OAB, é outro conhecido direitista. Advogado de ilustres bilionários, inclusive do casal Hernandes da Igreja Renascer - detido nos EUA por evasão de divisas -, ele imprimiu uma marca reacionária à OAB de São Paulo. Chegou a promover atos contra os servidores públicos em greve e a se manifestar publicamente em defesa da Emenda 3, que estimula a precarizaçao do trabalho. No ano passado, em plena campanha eleitoral, propôs o impeachment do presidente Lula.
- Nizan Guanaes, dono da poderosa agência África, é o principal marqueteiro tucano. Dirigiu as campanhas de FHC e Serra. ''Não sei dizer não ao Fernando Henrique'', confessou ao jornalista Gilberto Dimenstein. Segundo o Observatório da Imprensa, ele gozou de amplo poder no reinado de FHC. ''Nizan passou a cuidar informalmente da imagem do presidente e tem ido pelo menos dois dias por semana a Brasília. 'Estou doando meu tempo e talento para algo em que acredito'''.
- Marcus Hadade, ex-presidente da Confederação Nacional dos Jovens Empresários, e Ronaldo Koloszuk, diretor do Comitê de Jovens Executivos da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), coordenaram a primeira manifestação pública do ''Cansei'', na tarde deste domingo. Ajudaram a puxar palavras de ordem bem ''apolíticas'' e singelas: ''Fora Lula'', ''relaxa e fora'', ''assassino'' e ''1, 2, 3, Lula no xadrez''. Foram assediados por empresários, arrivistas tucanos, madames e mauricinhos e patricinhas da classe ''mérdia''.
- Paulo Zottolo, presidente da multinacional Philips no Brasil, empresa que bancou os primeiros anúncios em jornais do ''Cansei''. A generosidade não deve ter pesado muito em seu bolso. Segundo reportagem da IstoÉ Dinheiro, ''seu salário na Philips está estimado em R$ 2 milhões por ano'' e a multinacional teve no ano passado um faturamento de R$ 4,7 bilhões no país. ''Somos pagadores de impostos e cansei de me indignar e não fazer nada'', esbraveja o magnata.
- Sidnei Basile, diretor da Editora Abril, responsável pela edição da revista golpista Veja. Ele já anunciou que a empresa cederá gratuitamente os espaços publicitários nos seus vários veículos. A famiglia Civita, hoje associada à empresa racista Nasper, da África do Sul, tornou-se o porta-voz da oposição de direita ao governo Lula, manipulando informações e estimulando preconceitos nos seus incautos leitores.
Fonte: Boletim Mineiro

Escrito por dedeabel às 17h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Conspiração da ''elite branca'' - Até agora, a melhor definição sobre este movimento foi dada pelo ex-governador paulista Cláudio Lembo - que é dirigente do Demo, mas não é hipócrita e tem lapsos de sinceridade. Após anunciar sua adesão ao ''Cansei'', ele afirmou ironicamente que a iniciativa é liderada ''por um segmento da elite branca. Deve ter começado em Campos do Jordão''.
No último final de semana, todos estes conspiradores se encontraram no Mosteiro São Bento no badalado casamento da filha de Geraldo Alckmin, Sophia – que ficou famosa por ''trabalhar'' na boutique de contrabando Daslu. A luxuosa cerimônia reuniu centenas de magnatas, a cúpula da direita neoliberal, alguns ''jornalistas'' famosos e a atriz Regina Duarte, que durante a campanha presidencial de 2002 apareceu na telinha com a frase terrorista ''eu tenho medo [do Lula]''.
Com protestos de rua nas principais capitais do país e fartos investimentos em publicidade, o ''Cansei'' pretende satanizar o presidente Lula, culpando-o por todos os males do país. O eixo principal da campanha visa marcar o governo como incompetente, ''péssimo administrador'', para ver se desperta a ira das camadas médias e gera confusão entre os setores populares. ''A sociedade precisa demonstrar a sua indignação'', bate na tecla o falastrão João Dória. Uma rápida olhada na biografia dos mentores do movimento, porém, confirma que o objetivo desta ''elite branca'' é forçar a oposição de direita ao governo Lula e, se possível, repetir a façanha das ''Marchas com Deus'' em 1964.
Fonte: Boletim Mineiro

Escrito por dedeabel às 17h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

1. ARTIGO:

Quem são os golpistas do ''Cansei''

Por Altamiro Borges [Segunda-Feira, 30 de Julho de 2007 às 17:58hs]

Animados com o bombardeio midiático contra o governo Lula, ricos empresários, tucanos e demos (ex-pefelistas) lançaram em São Paulo o Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros, também batizado de ''Cansei''. Cinicamente, seus criadores garantem que a iniciativa é ''apartidária'', nascida após a tragédia do avião da TAM, e visa apenas protestar contra o caos reinante no país. Para dar uma aparência de legalidade, o movimento será liderado pela seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP). Talvez saudosos das ''Marchas da Família, com Deus e pela Liberdade'', promovidas às vésperas do golpe militar de 1964 com apoio da embaixada dos EUA, o ''Cansei'' pretende organizar manifestações e investir pesado em publicidade.
As emissoras de televisão, que rejeitam o fato de serem concessões públicas, já anunciaram que cederão seus milionários espaços na telinha. Entre as peças publicitárias já boladas ''gentilmente'' pelo publicitário Nizan Guanaes, marqueteiro-mor dos tucanos, encontram-se algumas pérolas bem ao gosto da burguesia rentista: ''Cansei do caos aéreo'', ''cansei de bala perdida'', ''cansei de pagar tanto imposto''. Estas e outras idéias teriam sido discutidas no luxuoso hotel do empresário João Dória Jr., em Campos do Jordão - cidade de veraneio paulista que reúne a nata da burguesia durante o inverno. Nos últimos dias, por lá passaram vários industriais, banqueiros, barões do agronegócio e políticos, como o ex-presidente FHC, o atual governador José Serra e o presidenciável derrotado Geraldo Alckmin.
Fonte: Boletim Mineiro

Escrito por dedeabel às 17h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Luke e Tantra

Angeli

Escrito por dedeabel às 13h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Jogar pedra é muito fácil. Dificil é ter propostas sérias.

Qual a proposta do empresário da Phillips para:

 

1-como fazer uma reforma politica num país em que os partidos preferem mudar de nome, mas nao fazem a reforma necessária?

2-como fazer uma reforma política decente, como controlar os gastos nas campanhas politicas?

3-como acabar, ou pelo menos reduzir a corrupçao estatal, no governo federal, nos estados, nas prefeituras?

4-como baixar a taxa de juros a um nivel atrativo aos investimentos?

5-como educar mais, como fazer a inclusao digital do cidadao brasileiro?

 

Leiamos a entrevista do indignado empresario. Ele me lembra os seguidores do PSDB, aqueles que preferem ficar em cima do muro. Ser ou nao ser, eis a questao. Criticar é fácil. Difícil é fazer. Diz que o movimento nao tem partido. Mas critíca muito. Coisas do Brasil. Somos uma sociedade muito dividida. Há dificuldade em tomar posiçao coerente.

 

 

ENTREVISTA
PAULO ZOTTOLO

Ricos não são menos brasileiros que pobres, diz o líder do "Cansei"

Empresário afirma que não é menos brasileiro por ter dinheiro e nega que movimento pretenda depor o governo Lula

GUILHERME BARROS

FOLHA - O movimento vai apresentar alguma proposta?
ZOTTOLO -
Se tivesse proposta seria um movimento partidário. Como não é partidário não pode ter proposta. Para mim, o "Cansei" é um convite à meditação. Isso é uma ajuda que o povo brasileiro deve dar ao governo. Eu quero que o governo se dê bem, não quero que o governo se dê mal. Eu posso ter minhas diferenças com o PT, isso é uma coisa.
Eu posso não concordar com as atitudes do PT, mas o que eu não concordo é achar que qualquer movimento que se faça de cidadania neste país ou é de oposição ou é de elite. Este país tem que parar de ser visto como país: precisa ser visto como nação. Qualquer situação, qualquer movimento, qualquer opinião rapidamente é dividido entre a elite e os pobres. Para se tornar uma nação, o objetivo tem de ser comum.
É esse tipo de reflexão que esse movimento "Cansei" deveria estar fazendo. Quando eu emito uma opinião dizendo "cansei de empresário corruptor" ou "cansei de bala perdida", não quero ser visto como elite branca ou elite branca de Campos do Jordão. Para que isso? Para que essa ofensa toda? Eu quero ser visto como brasileiro que chegou lá. Não preciso me sentir culpado porque eu sou rico. Não roubei ninguém.
Não sei por que ainda se mantém essa distância entre a classe trabalhadora e a classe empresarial, como se fôssemos inimigos, e não somos. Essa é a diferença entre país e nação. O "Cansei" deveria ser um motivo de reflexão para tudo isso.

FOLHA - O que acha dessa reação tão inflamada do governo Lula?
ZOTTOLO -
Porque ele acha que é uma coisa partidária. Porque neste país, e não nesta nação ainda, qualquer coisa é vista como partidária, é vista como um movimento de alguns segmentos, e não é. É um movimento puramente nacional. O governo tem que aderir ao movimento. O presidente Lula deveria unir forças, e não dividir cada um para um lado.

FOLHA - O que acha da crítica de que esse movimento está sendo feito por endinheirados?
ZOTTOLO -
É uma situação para reflexão. Todo mundo tem o direito de se manifestar.

FOLHA - Qual a responsabilidade do governo para essa situação?
ZOTTOLO -
Eu não acho que a situação do Brasil esteja assim por causa do governo do PT. O Brasil está mal por várias outras histórias. Eu não sou petista, mas tem várias atitudes do PT que eu aplaudo, como tem outras que eu absolutamente não aplaudo, como tem várias atitudes do PSDB como oposição que eu rejeito, como outras eu aplaudo. O que eu não aplaudo mais é a oposição. A oposição neste país é destrutiva. A oposição que o PT fez ao governo do PSDB atrapalhou o país. A oposição que os partidos de oposição fazem hoje ao governo atrapalha o país. No final, como nação, o objetivo é um só.
Não existe mais pauta de direita ou de esquerda, não existe mais pauta de elite ou pauta dos pobres, o que existe são alguns movimentos que são comuns que têm que ser realizados por qualquer partido, só que quando um está no poder o outro atrapalha sabendo o que é necessário. A oposição, seja no momento atual ou na época do PT, não pensa no Brasil, e sim no poder. Isso atrasa o país. Nós temos que virar nação.

FOLHA - Apesar disso tudo, os números da economia são positivos.
ZOTTOLO -
Os números da economia estão bons, mas não sei se mede-se um país pelos números da economia. Eu tenho salários aqui que são 100 vezes maiores do que qualquer pai dessas famílias ali [e ele aponta para a parede em frente a sua mesa onde estão dispostas 16 molduras em preto e branco com cenas de favelas em diversas cidades brasileiras].
Por que eu mantenho esse quadro? Para toda hora eu estar pensando na realidade que é o meu país. Para não viver num mundo cor-de-rosa de sair daqui, pegar um helicóptero, pegar o meu motorista de carro blindado e andar no meu iate [ele tem um barco a vela]. Isso [as fotos na parede] é a realidade do meu país. Se a economia vai bem e isso continua existindo, o país não vai bem. O que mais me toca nessas fotos é que pela pior situação que essas pessoas vivem todas elas tem um ar de otimismo e de alegria. O grande mérito do PT foi não ter mexido muito na economia, de não ter inventado muita novidade. Nesse ponto, o Lula teve uma cabeça fabulosa.
Sabe por quê? E ninguém está pensando nesse assunto. As pessoas discutem o conceito de esquerda-direita, de rico-pobre, mas se esquecem que o Lula está cercado da elite. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, é o quê? Ele faz parte da elite ou dos movimentos populares? O senhor Mercadante faz parte da elite ou dos movimentos populares? Marta Suplicy veio de onde? Agora, para que essa divisão? Para mim, são brasileiros que estão trabalhando. Se um tem dinheiro a mais ou tem dinheiro a menos, não lhe dá mais ou menos direito de ser brasileiro. Ou será que quanto mais pobre eu for mais brasileiro eu sou?

FOLHA - O "Cansei" vai continuar?
ZOTTOLO -
Vou continuar até a hora em que perceber que virou uma coisa partidária. A Philips está nisso desde que movimento seja apartidário. Não estou aqui para derrubar o governo. Mas se eu puder usar a força da Philips e a minha força para derrubar esses conceitos de direita-esquerda, pobre-rico, de elite branca, de elite de campos de Jordão, de movimento Oscar Freire, vou usar. Pelo amor de Deus, nós já passamos por esta fase. O pior é que eu nunca passeei na Oscar Freire.

Escrito por dedeabel às 13h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ENTREVISTA
PAULO ZOTTOLO

Ricos não são menos brasileiros que pobres, diz o líder do "Cansei"

Empresário afirma que não é menos brasileiro por ter dinheiro e nega que movimento pretenda depor o governo Lula

GUILHERME BARROS
COLUNISTA DA FOLHA
No dia 27, a Philips do Brasil publicou anúncio nos principais jornais manifestando seu apoio ao "Cansei". A carta da Philips foi alvo de muitas críticas, inclusive do governo. O presidente da Philips, Paulo Zottolo, 51, nega que o movimento tenha qualquer motivação política ou que vise derrubar o governo -e sugere que o presidente Lula se engaje no movimento.
"Eu posso ter minhas diferenças com o PT, isso é uma coisa, mas o que eu não concordo é achar que qualquer movimento que se faça de cidadania neste país ou é de oposição ou é de elite", diz Zottolo. Ele afirma que vai continuar a apoiar o movimento, apesar das críticas. "Não preciso me sentir culpado porque sou rico", afirma.

 

FOLHA - Como nasceu o "Cansei"?
PAULO ZOTTOLO -
O Jesus Sangalo me ligou dizendo-se indignado com a situação no país e me perguntou se poderia contar com o meu apoio na criação de um movimento de indignação contra isso. Eu indiquei o João Dória Jr, que seria a melhor pessoa para canalizar o movimento. O João Dória me ligou logo depois de ter conversado com o Jesus: "O cara está bravo". Eu disse para o João Dória que o melhor era segurar o cara porque ele estava querendo fazer um movimento que não seria benéfico para ninguém. Dória marcou então uma reunião.

FOLHA - O que foi decidido?
ZOTTOLO -
O João Dória disse, na reunião, que esse movimento não poderia ser partidário.

FOLHA - Mas ele apoiou Alckmin.
ZOTTOLO -
O que eu estou contando foi o que aconteceu. Ele disse que não poderia ser um movimento político nem um movimento para derrubar presidente ou para provocar o impeachment, o que tinha de ser é um movimento de indignação. Assim começou a história. Nessa reunião eu também dei a idéia de trazer a África [do Nizan Guanaes] para nos ajudar.

FOLHA - O sr. procurou o Nizan?
ZOTTOLO -
Nizan estava em férias, eu falei com o Sérgio Gordilho. E ele disse que não poderia ajudar como África, mas sim como amigo. Fizemos uma nova reunião para elaborarmos a campanha e eu dei a idéia de darmos o nome de "Cansei" ao movimento. Todos gostaram.
Para a campanha ter realmente uma razão apartidária, os cansamos têm que ser de atitudes que não são ligadas ao governo, mas ligadas a nós mesmos. Se você pegar a campanha vai ver que os primeiros cartazes são de "cansamos de empresários corruptores", "cansamos de balas perdidas". Não é uma campanha que diz cansei de governo ou coisa parecida. Achamos que não deveria ser liderada por mim ou pelo João Dória, e consultamos a OAB, que se engajou.

FOLHA - Qual é o mote?
ZOTTOLO -
O marasmo hoje é do cidadão brasileiro, não é do governo. Como cidadão brasileiro nós estamos aceitando uma tragédia atrás da outra e paramos de nos indignar. E por que paramos de nos indignar? Por que nós como brasileiros não ligamos para o próximo? Não é isso. É porque a sucessão de tragédias é tão grande que você passa de uma indignação para outra. Você passa do dólar na cueca para o buraco do metrô, para o acidente com o avião da Gol, para o acidente com outro avião, para uma notícia que você está voando no espaço aéreo com um buraco negro e que você pode bater com contrabandista, com bala na favela, com garoto sendo arrastado no cinto de segurança de um carro no Rio... Portanto, "Cansei".

Continua...

Escrito por dedeabel às 13h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Lenise Pinheiro/Folha Imagem
Cena de "O Pracinha da FEB", que integra o 17º espetáculo da companhia

Escrito por dedeabel às 13h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Cansei, cansei, ...

Escrito por dedeabel às 13h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Folha de Sao Paulo

 

Justiça do RN manda demolir casas nas dunas de Genipabu

Juíza alega que um aqüífero que fica no ponto turístico está sendo poluído

JOÃO CARLOS MAGALHÃES
DA AGÊNCIA FOLHA

A Justiça do Rio Grande do Norte determinou, a pedido do Ministério Público, a derrubada, em até 60 dias, de todas as casas construídas sobre as dunas de Genipabu, em Extremoz (25 km de Natal), um dos principais pontos turísticos do Nordeste. O Estado pode recorrer.
Não há unanimidade sobre o número de casas existentes na área, que, segundo a Justiça, é pública. A juíza Ana Karina de Carvalho cita, em sua decisão, que são mais de 300, baseada em vistoria do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). O Idema (instituto ambiental do Estado) afirma que não passam de 53 casas.
"Poluíram com dejetos o aqüífero local, estão destruindo um cartão postal de Natal", diz a juíza Carvalho. "Pelo que vi, a maior parte das casas estava vazia, são como casas para veraneio", afirmou. Algumas das construções, disse ela, tinham cerca e placa de "vende-se". "É um absurdo. Como eles podem vender uma área que é pública?", questionou.

Escrito por dedeabel às 13h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Corrupção

Numa pesquisa de opinião pública trabalhada pelo sociólogo Antônio Lavareda, ficou constatado que “71% dos brasileiros apontam a corrupção dos políticos com o grande problema nacional.”

De Contas

O presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, Paulo Roberto Chaves Alves, assina hoje, em Brasília, em ato no Tribunal de Contas da União, um acordo de cooperação técnica entre as duas instituições. O treinamento de pessoal e o setor de fiscalização são os principais objetivos do protocolo.

Fonte:

Woden Madruga

 

Comento:

O camarada Woden sempre muito antenado. Primeiro, o problema: a corrupçao dos políticos. Segundo: O TCE, treinando para ver se consegue estancar esta sangria dos recursos publicos via corrupçao. Mas, como nossa vergonha é muito pouca... esperemos sentados, quem em pé cansa...

Escrito por dedeabel às 12h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, CAICO, Centro, Homem, Portuguese, Arte e cultura, Política
MSN -

Histórico